Adversários precisam chutar pouco para marcar no Flamengo

FOX SPORTS: O Flamengo pós-Copa do Mundo da Rússia tenta se reencontrar. Se antes do Mundial, o Rubro-Negro vinha em alta, o mesmo não se pode dizer da fase atual. E um fator ilustra bem essa queda de rendimento.

O time do técnico Maurício Barbieri sofria um gol a cada 7,4 finalizações sofridas na meta do goleiro Diego Alves no pré-Copa. A equipe tinha a segunda melhor marca no quesito dentro do Campeonato Brasileiro.

Confira abaixo:


No entanto, as coisas mudaram. Depois da principal competição entre seleções, os cariocas apresentam uma queda expressiva: nas últimas 10 rodadas, o número despencou para 1 gol a cada 3,2 finalizações certas. Trata-se da quarta pior marca entre os 20 times do Brasileirão. Os números são do site especializado Footstats.

A equipe tinha a segunda melhor marca no quesito dentro do Campeonato Brasileiro.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget