Árbitro Ricardo Marques tem polêmicas contra Fla e Corinthians

ESPN: Ricardo Marques Ribeiro será o responsável por apitar a decisão entre Corinthians e Flamengo, na próxima quarta-feira, pela volta da semifinal da Copa do Brasil, em Itaquera. O árbitro mineiro, que faz parte do quadro da Fifa, será auxiliado por Bruno Boschilia, do Paraná, e Bruno Raphael Pires, de Goiás, que também carregam o brasão da entidade internacional em seus respectivos uniformes.

Apesar da qualificação de Ricardo Marques Ribeiro, a definição do árbitro pode não ter sido muito bem digerida pelo Flamengo, que já reclamou do profissional em outras oportunidades. Em maio deste ano, por exemplo, o vice-presidente de futebol rubro-negro, Ricardo Lomba, não teve papas na língua para criticar a atuação do juiz, que na ocasião expulsou Rhodolfo e Cuéllar no clássico contra o Vasco.

Foto: Divulgação
“Acho muito triste, após um clássico como esse, Flamengo e Vasco, a gente ter que falar de arbitragem. Tenho certeza também que o adversário está insatisfeito com o que aconteceu hoje. Não acredito em má intenção, eu acho simplesmente que o árbitro é ruim, não é talhado para exercer essa atividade. Mas, enfim, enquanto escalarem ele para os jogos, temos que aceitar”, disse o cartola.

Na época, o Flamengo disputava a liderança do Brasileirão com o Atlético-MG e iria enfrentar o time mineiro na rodada seguinte. Sem poder contar com Rhodolfo e Cuéllar, Ricardo Lomba deixou a entender que Ricardo Marques Ribeiro, de Minas Gerais, poderia ter agido para ajudar o time do seu estado.

“Curiosamente, um árbitro mineiro, estamos disputando a liderança com o Atlético-MG, próximo jogo é lá em Minas. Quer dizer, acho que faltou um pouquinho de habilidade”, completou o vice-presidente de futebol flamenguista, que pouco depois viu seu time bater o Atlético-MG fora de casa.

Por outro lado, Ricardo Marques Ribeiro prejudicou o Corinthians justamente diante do Flamengo em jogo na Arena Corinthians, válido pelo Campeonato Brasileiro de 2017. Na ocasião, o árbitro anulou um gol legítimo de Jô no início da partida. O juiz e o auxiliar Pablo Almeida da Costa marcaram um impedimento inexistente de Jô. O duelo acabou empatado em 1 a 1.

Em 2018, Ricardo Marques Ribeiro apitou dois jogos do Corinthians. O primeiro, em junho, contra o Santos, partida que terminou empatada em 1 a 1. Mais recentemente, no mês passado, foi o árbitro mineiro que atuou no confronto com o Fluminense, fora de casa, em que o time paulista perdeu por 1 a 0.

Já pelo lado do Flamengo, além do clássico contra o Vasco, ele esteve na partida entre o Rubro-Negro da Gávea e a Ponte Preta, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e na derrota do Flamengo para o Internacional por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro.

Apesar da qualificação de Ricardo Marques Ribeiro, a definição do árbitro pode não ter sido muito bem digerida pelo Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget