É hora desse time lembrar o que significa ser Flamengo

ESPN FC: Por João Luis Jr

Ali pelo meio de junho o futebol do Flamengo disse que ia sair pra assistir à Copa do Mundo comprar um maço de cigarros, e nunca mais voltou. Desde então pouco se sabe dele. Foi visto durante uma noite fria em Porto Alegre, apareceu de relance algumas vezes no Rio, mas nunca por muito tempo, só o bastante pra pagar um boleto ou pegar uma muda de roupa nova. Alguns torcedores acreditam que ele se foi de vez, outros chegam até mesmo a duvidar que em algum momento ele já existiu, sendo tudo uma ilusão que nós criamos pra não precisar encarar a realidade – “como assim Vinícius Jr? nosso atacante de beira de campo sempre foi o Vitinho, olha ele ali perdendo a bola”.

Mas após três meses olhando pela janela com olhos sonhadores, ouvindo um barulho na porta e achando que é o toque de bola eficiente que decidiu retornar, dando F5 no navegador imaginando que vai chegar aquele email que diz “me perdoa, eu quero voltar – assinado: flamengo que não perde pontos idiotas contra times da rabeira da tabela”, a noite dessa quarta-feira é talvez uma das últimas oportunidades para que, ainda no ano de 2018, o Flamengo volte a jogar futebol.

Diego vibrando gol pelo Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Isso porque a partida contra o Corinthians, que já seria decisiva pelo simples fato de se tratar de uma semifinal de Copa do Brasil, ganha ainda mais importância quando você a coloca dentro do contexto do Flamengo nesse momento específico e nessa temporada como um todo.

Por um lado, se apresenta ao Flamengo uma possibilidade perfeita de reabilitação. Uma partida decisiva, diante de um Maracanã lotado, uma competição de porte nacional, é o tipo de cenário em que uma vitória convincente, com um futebol bem jogado, e que encaminhe bem a classificação para a final, garante não apenas mais um período de paz para Barbieri como aumenta a confiança do time, que não está exatamente lá no alto e ajuda a animar a torcida, que vem atualmente sofrendo mais que um protagonista de drama racial indicado ao Oscar.

Já um resultado ruim, seja um empate medíocre ou mais uma derrota patética dentro dos próprios domínios pode talvez ser a pá de cal que faltava para um ano que se anunciou promissor mas rapidamente deixou claro que não apenas não iria suprir nossas expectativas como tinha toda a intenção de rasgar essas expectativas e botar fogo nelas usando um isqueiro Bic daqueles de bar. Uma queda na Copa do Brasil deixaria Barbieri na berlinda, tornaria mais ansioso um elenco que já parece ter a fortaleza mental de uma criança de 7 anos passando pelo divórcio dos pais, faria os muros da Gávea amanhecerem mais uma vez pixados com frases como “salário em dia, porrada em falta” ou “dinheiro não compra felicidade mas podia comprar lateral”.

Então essa quarta-feira tem tudo para ser um divisor de águas. Uma boa vitória, um bom resultado, e o Flamengo não apenas encaminha sua classificação na Copa do Brasil como ganha um impulso para, quem sabe, voltar a brigar realmente pelo título Brasileiro. Um resultado ruim, uma derrota, e esse atual Flamengo que desde o fim da Copa vem mal e mal boiando acima da superfície recebe um belo pisão na cabeça rumo ao fundo desse lago que vem sendo 2018.

Por isso cabe ao torcedor apoiar. Abrir o coração, se fazer presente, cantando o tempo todo, apoiando essa equipe não pelo que ela vem fazendo, mas pelo que ela pode e precisa fazer. É a hora de bater palmas para Rodinei, acreditar em Dourado, torcer até pela chegada rápida do voo fretado para trazer Paquetá e Cuéllar. Mas claro, mesmo a presença de todos os torcedores rubro-negros no estádio não vai fazer diferença se um certo convidado de honra não aparecer. Ou seja, futebol do Flamengo, esteja você onde você estiver, é hora de voltar pra casa. Você já demorou demais, as pessoas na rua estão comentando, as crianças nem lembram mais como você é.

Você já demorou demais, as pessoas na rua estão comentando, as crianças nem lembram mais como você é.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget