"Eu ajudei a promover o Barbieri como treinador", revela Júlio César

EXTRA GLOBO: O ex-goleiro Julio Cesar foi um dos responsáveis pela efetivação de Mauricio Barbieri no cargo de técnico do Flamengo. Isso mesmo. A revelação foi feita pelo próprio Julio, em entrevista ao site “Goal”.

“Confio (no Barbieri). Eu, aliás, que ajudei a promovê-lo como treinador... Conversando com o presidente, com o vice-presidente. No Brasil, infelizmente, o imediatismo é enorme. É complicado, é diferente da Europa. Estou acostumado ao que acontece aqui fora, foram 14 anos jogando na Europa. Aqui fora o clube respeita o projeto do treinador, respeita a filosofia de trabalho. Às vezes o clube não precisa daquele resultado imediato, enquanto no Brasil é diferente, tudo precisa ser muito imediato. Ele tem um futuro brilhante pela frente, é um cara que sabe lidar com o jogador, fala a linguagem do jogador, o jogador consegue entender o que ele passa. É inteligente, é jovem… Vejo que o Brasil está precisando de treinadores jovens, capacitados e com filosofia de trabalho nova. Eu manteria, não cederia à pressão. Às vezes você pode colocar outro lá que acaba perdendo dois jogos na sequência, e logo vão querer mudar também. É preciso mudar essa cultura no Brasil, essa cultura de imediatismo. É preciso implantar uma cultura mais paciente. É complicado, eu sei”, disse o ídolo rubro-negro.

Foto: Divulgação
Julio Cesar também pediu paciência à torcida rubro-negra, que tem cobrado bastante o time e o técnico Mauricio Barbieri nas últimas semanas. Principalmente por conta da queda de produção no Campeonato Brasileiro e da eliminação na Taça Libertadores. Para o ex-goleiro, que está confiante no título da Copa do Brasil, “ainda é muito cedo para ficar batendo”.

“Às vezes você vê um clube que faz as coisas certas, mas que não obtém o resultado. Às vezes tem clube que faz as coisas completamente erradas, mas que chega no fim e acaba como campeão. O que você diz para o torcedor? O torcedor tem todo o direito de cobrar, de ficar insatisfeito, de xingar…. O futebol é paixão, e os jogadores têm de saber lidar com isso também, precisam entender o lado do torcedor. Mas às vezes existem situações que são exageradas. Aí, volto a dizer, não sei se é porque vivemos um ano político, não sei se são coisas de paus mandados. Já vivi períodos no Flamengo, vivi muitos períodos, aliás, de vacas magras e brigava para não ser rebaixado. A gente chegava no aeroporto e encontrava meia dúzia de gato pingado que se dizia Flamengo, mas que não era Flamengo porcaria nenhuma, estava lá para fazer tumulto mesmo, de repente porque a oposição fortalecia aquilo. Tem muita coisa de bastidor do Flamengo que a gente conhece, a verdade é essa. O Flamengo, hoje, tem uma grande equipe, tem elenco capacitado para ganhar a Copa do Brasil e também o Brasileirão. Ainda é muito cedo para ficar batendo”, disse.

Julio Cesar se aposentou do futebol com a camisa do Flamengo, no dia 21 de abril. Foi na vitória sobre o América-MG, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

O Flamengo, hoje, tem uma grande equipe, tem elenco capacitado para ganhar a Copa do Brasil e também o Brasileirão.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget