"Eu quero que o Flamengo ganhe tudo", diz Rodolfo Landim

EXTRA GLOBO: Rodolfo Landim lançou nesta terça-feira, na Lagoa (RJ), a sua candidatura à presidência do Flamengo. E o seu principal foco, caso eleito, estará no futebol. Landim quer mudar a estrutura do futebol rubro-negro e também o espírito, classificado por ele como apático.

“A gente entende que tem muita coisa para mexer no futebol. A primeira coisa acho que é o processo de liderança, falando francamente. Tudo começa com liderança. Jamais acredite quando alguém disser pra você que tem alguma coisa dando errado em qualquer instituição, que isso não passa pela liderança. Passa pela liderança. Temos uma percepção de um Flamengo apático. Não fica revoltado com a derrota, com o mau resultado. Então, isso é algo que precisa melhorar. Precisamos modificar muito a estrutura do próprio clube...”, afirmou o engenheiro e administrador.

Maurício Gomes de Mattos, Marcos Braz e Rodolfo Landim no Flamengo - Foto: Divulgação
Para Landim, o dinheiro, muitas vezes, não foi bem aplicado pelo clube nos últimos anos. Principalmente na contratação de reforços.

“A gente sabe que o futebol não é ciência exata. Nem sempre vamos contratar os jogadores corretos. De vez em quando você vai fazer uma contratação acreditando que o jogador vai dar um bom resultado e ele não dá. A gente errou muito, a gente aplicou muito mal os recursos do Flamengo. Então, acho que a gente precisa analisar quais foram os erros que aconteceram dentro dessa área de inteligência que o Flamengo tem. E que na verdade orientou o processo de compra desses jogadores. A gente precisa mudar também um pouco a estrutura organizacional do futebol na medida em que a gente quer dar independência a certas áreas do departamento de futebol como a área médica do clube. É discutível como certos jogadores com um histórico de lesões muito grande foram contratados e oneraram tanto a folha do Flamengo e comprometendo o Flamengo a longo prazo. É outra coisa que temos que mexer”, afirmou.

Landim, no entanto, não quis adiantar quais serão as suas mudanças pontuais.

“De uma forma geral, eu diria pra você que tem muitas coisas que precisam ser modificadas. Mas o problema é que todos nós somos Flamengo e queremos que o Flamengo ganhe. E o Flamengo está jogando dois campeonatos, está certo? Enquanto ele estiver jogando, terá todo o nosso apoio. Meu técnico é o técnico que está lá. Meu diretor é o diretor que está lá. Enquanto o Flamengo estiver disputando, eu quero que o Flamengo ganhe tudo. É isso que a gente quer... A gente entende que precisa fazer algumas coisas para que o Flamengo melhore, mas isso é algo que a gente vai fazer depois que a gente vencer as eleições”, finalizou.

Landim concorrerá ao cargo de presidente do Flamengo com Ricardo Lomba, candidato da situação, e Marcelo Vargas.

Para Landim, o dinheiro, muitas vezes, não foi bem aplicado pelo clube nos últimos anos. Principalmente na contratação de reforços.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget