Flamengo projeta Maracanã lotado para duelo contra o Corinthians

GLOBO ESPORTE: Maior média de público no Brasileiro, o Flamengo viveu noite diferente no Maracanã, na vitória por 2 a 0 no sábado passado sobre a Chapecoense (gols de Renê e Diego). Da promessa de protesto, sufocada pela maioria presente, aos gritos contra Bandeira e contra o time no apito final, o público na partida foi de 30.647 torcedores - 42% menos do que a média de 53.084 por partida no Brasileiro.

A venda antecipada para o primeiro duelo da semifinal contra o Corinthians já é superior, com 36 mil vendidos. A expectativa é de casa cheia novamente no Maracanã. E de mais apoio do que protesto. Contra a Chapecoense, Rodinei ouviu vaias no início da partida. No fim, com mais três pontos na tabela do Brasileiro, o Rubro-Negro, que voltou à quarta posição com as vitórias de Internacional, São Paulo e Palmeiras, foi chamado de "time sem vergonha".

Torcida do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
A média de público presente do Flamengo no Campeonato Brasileiro era, até este sábado, de 53.084 torcedores por partida (48.555 pagantes). Diante da Chapecoense, 30.647 pessoas foram ao Maracanã, com 28.983 pagantes. O clube entende que a queda foi reflexo dos resultados recentes, do horário do jogo (às 21h) e do feriado da Independência do Brasil, na véspera.

O Flamengo não vencia uma partida do Campeonato Brasileiro havia três rodadas: fora de casa, empatou com América-MG e Internacional; no Maracanã, perdeu para o Ceará.

O capitão Réver lembrou a eliminação na Libertadores como um dos motivos para a queda de público, mas ressaltou o apoio incondicional mesmo no momento difícil da temporada.

- Perdemos dentro de casa (para o Ceará) e o torcedor estava no direito de cobrar. Independentemente da postura da torcida, temos de dar a resposta para eles. Assim vão comprar a briga. Acredito que não tinha mais torcedor contra a Chape devido ao feriado, muita gente deixando o Rio, mas tenho certeza que na quarta vai fazer a festa como está acostumado a fazer no Maracanã – disse o zagueiro e capitão Réver no último sábado.

Reunião de segurança

O clássico nacional, que envolve as duas maiores torcidas do país, nesta quarta-feira mobiliza plano de segurança especial para a partida. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro recebe representantes de Flamengo, do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (coronel Silvio Luís), de Controle Urbano da Cidade (coordenador Eduardo Furtado) e da Guarda Municipal (Inspetor Carlos Cristo) para discutir a melhor forma de garantir a paz no confronto.

A média de público presente do Flamengo no Campeonato Brasileiro era, até este sábado, de 53.084 torcedores por partida.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget