Gilmar Ferreira vê Paquetá mais confortável sem Diego

GILMAR FERREIRA: Os tropeços dos líderes São Paulo e Internacional na rodada desse final de semana deram um charme à disputa pelo título do Brasileiro que há anos não se via.

Desde 2011, quando a esta altura os quatro primeiros na tabela eram separados por quatro pontos, não se tinha uma corrida tão equilibrada na busca pelo título.

Mas que fique bem claro que isso não é um elogio à qualidade técnica do campeonato.

Os jogos têm sido muito equilibrados, com equipes fechadas em duas linhas de quatro até mesmo com o mando de campo.

Lucas Paquetá comemorando gol pelo Flamengo contra o Atlético-MG - Foto: Gilvan de Souza
E isso talvez justifique o baixo número de vitórias dos visitantes.

O índice que oscilava entre 21% aos 24%, caiu para 17%, marca jamais registrada neste século.

Trocando em míudos: dos 257 jogos já realizados, apenas 44 tiveram vitórias das equipes visitantes.

Não chega a duas por rodada...

FLAMENGO 2 x 1 ATLÉTICO-MG.

Tão importante quanto a vitória em casa sobre um rival que tenta se juntar à briga entre os cinco primeiros na tabela, foi ver o time de Barbieri num outro formato.

A suspensão de Diego obrigou o técnico a sair da zona de conforto e o 4-3-3 com Arão entre Cuellar e Lucas Paquetá arejou o time.

Everton Ribeiro e Matheus Sávio nos corredores foram eficientes no suporte a Pará e Trauco e assim o Flamengo assim conseguiu relativo equilíbrio.

O Atlético-MG teve dificuldades para fazer a bola chegar a Ricardo Oliveira, rondou a área rubro-negra, mas não foi feliz nas finalizações.

Destaque então para o lateral Trauco, que deu o último passe nos lances dos gols, e para o meia-atacante Paquetá, autor do gol da vitória.

Desconfio, aliás, (e só desconfio!), que o jovem fica mais à vontade sem Diego a ter que carimbar todas as bolas...

VITÓRIA 2 x 4 BOTAFOGO.

Está a cada dia mais claro que a disputa na reta final do Brasileiro será decidida pelo condicionamento físico.

E com o equilíbrio entre os times, levará vantagem o que chegar mais inteiro.

Por isso elogiei a ideia de Zé Ricardo de poupar titulares no jogo do meio de semana, em Salvador, contra o Bahia, pela Sul-Americana.

Neste duelo com o Vitória, no Barradão, o time foi maduro e fiel ao plano de jogo, mesmo com gol sofrido no primeiro minuto.

O meia Eric, um dos que não jogou no meio de semana, já se entende com os atacantes Luiz Fernando e Kieza, e o Botafogo começa a exibir força ofensiva.

O Botafogo ainda tem muito a evoluir, mas já tem um esboço competitivo...

CHAPECOENSE x FLUMINENSE.

Marcelo Oliveira vê características semelhantes entre o jogo desta segunda-feira na Arena Condá e o do meio de semana, contra o Deportivo Cuenca, em Quito.

Por isso deve repetir a formação com três zagueiros.

E como a classificação na Sul-Americana está encaminhada, é até inteligente que ele inivista um pouco mais no conjunto que foi muito bem na altitude.

Vejamos...

VASCO x BAHIA.

A perda de dois volantes Desábato e Bruno Silva, com fraturas nos pés, dão contornos mais dramáticos ao duelo desta noite.

Pois como Raul, outro volante, já estava vetado por lesão na coxa, é fácil perceber que Alberto Valentim está em apuros.

A dúvida é se o técnico promover a entrada de Andrey ao lado de Maranhã, Fabrício e Pikachu, ou se criará um fato novo para esta partida.

Seja qual for a alternativa, uma pergunta se faz obrigatória: por que só anunciar os casos no domingo se as lesões foram detectadas na quinta-feira?

Everton Ribeiro e Matheus Sávio nos corredores foram eficientes no suporte a Pará e Trauco e assim o Flamengo assim conseguiu relativo equilíbrio.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget