Globo passará a transmitir jogos para times do seu próprio Estado

UOL ESPORTE VÊ TV: Iniciado no ano passado, a Globo começou a intensificar neste Campeonato Brasileiro o fim do chamado bloqueio de praça – ou seja, um jogo que acontece em São Paulo é transmitido para a principal metrópole agora.

Levantamento do UOL Esporte mostra que, em comparação com o ano passado, o número de jogos transmitidos de praça para praça quase dobrou – e antes mesmo do fim do Brasileirão 2018.

No ano passado, nas 38 rodadas do campeonato, foram exibidos nove jogos sem bloqueio de praça em 38 rodadas. A maioria deles foram clássicos. Alguns outros jogos, como Flamengo x São Paulo e Corinthians x Fluminense – o jogo do título corintiano -, foram as exceções.

Lucas Paquetá, Diego e Piris da Motta em Flamengo x Vasco - Foto: Carlos Gregório Jr
Já neste ano, com apenas 25 rodadas, foram 15 jogos transmitidos de praça para praça. Alguns deles chamam a atenção, como a exibição de Grêmio x Cruzeiro em Porto Alegre para o RS e várias rodadas com dois jogos nesse esquema.

A conclusão que se toma é que o ano passado foi de testes, e neste ano, a Globo deu fim de vez a prática, principalmente após o fim da Copa do Mundo da Rússia, em julho. Desde o findar do Mundial, foram 11 jogos sem o bloqueio.

O fato não é exatamente uma grande novidade. Quando negociou novos contratos em 2016 na guerra que travou com a Turner por direitos do Brasileirão a partir de 2019, a Globo prometeu aos clubes esta prática seria mais comum.

Porém, vale lembrar que menos bloqueio de praça é menos arrecadação com pay-per-view, dinheiro que os clubes ganham por porcentagens de assinantes – com exceção de Corinthians e Flamengo, que ganham 18,5% das verbas, independentemente se angariarem menos assinantes que este índice.

Uma fonte ouvida e diretamente envolvida em negociações afirmou que, a partir do próximo ano, o fim do bloqueio de praça será algo ainda mais visível.  Procurada pela reportagem, a Globo confirma que a prática não é nova e que está ainda encontrando o melhor equilíbrio entre pay-per-view, TV paga e TV aberta.

"A transmissão de jogos de praça para praça não é uma novidade e já vem sendo realizada nos últimos anos. É importante haver um equilíbrio entre as diversas janelas (TV aberta, paga e PPV), de modo que todas atendam seu mercado e público, permitindo inclusive maiores receitas aos clubes", diz o comunicado do Grupo Globo.

Ou seja, um jogo que acontece em São Paulo é transmitido para a principal metrópole agora.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget