Juca Kfouri comenta vitória do Flamengo sobre a Chapecoense

JUCA KFOURI: Foram necessários 44 minutos de futebol para o Flamengo fazer um gol na fechada Chape.

Renê, de fora da área, em lindo gol.

O Maracanã, já sem tanta gente como nos jogos anteriores, começava a vaiar o estéril domínio rubor-negro.

Porteira aberta, por duas vezes Diego quase ampliou, mas em ambas, cara a cara, Jandrei evitou, ainda no fim do primeiro tempo.

Rodinei em Flamengo x Chapecoense - Foto: Buda Mendes/Getty Images 
Aí, aos 9′ do segundo tempo, Diego bateu falta na entrada da área e o zagueiro meteu o braço na bola dentro dela.

Diego mesmo bateu o pênalti, fez 2 a 0 e comemorou com a camisa de Juan nas mãos, homenagem ao zagueiraço que, aos 39 anos, rompeu o tendão e deve abandonar o futebol.

A Nação ainda teve outra alegria, com a volta de Berrio, que entrou no lugar do inútil Uribe.

Aliás, Vitinho seguiu devendo também diante de 30. 647 torcedores presentes e 28.983 pagantes.

O Rubro-Negro segue na luta pelo Brasileirão e anima sua gente para o jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil, na quarta- feira, contra o Corinthians.

Já a grama do Maracanã está num estado tão lastimável que até Márcio Araújo, que não chega a ser um virtuoso, reclamou dela.

Que vergonha!

Já a grama do Maracanã está num estado tão lastimável que até Márcio Araújo, que não chega a ser um virtuoso, reclamou dela.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget