Mané Garrincha coleciona "micos" em 2018

UOL: O estádio Mané Garrincha foi o mais caro da Copa do Mundo de 2014 e custou R$ 1,5 bilhão aos cofres públicos. Porém, além de receber poucos jogos de futebol e ter se especializado em eventos como shows e feiras, a arena que comporta mais de 70 mil pessoas vem colecionando "micos" nesta temporada.

No último sábado (15), Vasco e Flamengo empataram por 1 a 1 em duelo que ficou marcado por uma cena, no mínimo, inusitada. Aos 27 minutos do segundo tempo, o cruzmaltino Bruno Silva se chocou com seu companheiro Luiz Gustavo e caiu desacordado.



Ele precisou deixar o campo de ambulância, mas o veículo não andava, e atletas dos dois times tiveram que empurrá-lo para que pegasse no tranco.

"Foi uma cena lamentável. Eu achei até que o motorista estava de brincadeira. Ele disse que tinha desligado, que não pegou, e pediu a nossa ajuda. Felizmente, a gente conseguiu empurrar um pouquinho para a ambulância pegar no tranco e socorrer o Bruno", disse o zagueiro Réver, do Flamengo.

Este foi o maior dos problemas, mas não o único. De acordo com informações da ESPN, as cadeiras do estádio estavam sujas, enquanto um vazamento de esgoto resultou em mau cheiro no local. Um dos seguranças, inclusive, amarrou um lenço no rosto por conta do odor. O UOL não conseguiu localizar a administração do estádio para responder sobre os problemas ocorridos nesse sábado.

Já no fim de julho, foi a vez de Vasco e Corinthians se enfrentarem no Mané Garrincha em mais um dia de problemas no local. Aquela foi a última partida do Campeonato Brasileiro por lá até o jogo desse sábado.

Antes da vitória dos paulistas por 4 a 1, os torcedores corintianos tiveram que retirar os ingressos em um contêiner improvisado, mesmo com o estádio contando com bilheterias.

Já depois da partida, as entrevistas coletivas dos técnicos das duas equipes foram realizadas em um local improvisado por falta de pagamento ao responsável do sistema de som. O funcionário deixou o estádio após não receber o valor combinado, o que impossibilitou a realização das entrevistas na sala de coletivas.

No último sábado (15), Vasco e Flamengo empataram por 1 a 1 em duelo que ficou marcado por uma cena, no mínimo, inusitada.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget