Paquetá, Trauco e Ribeiro são os destaques do Fla contra o Galo

LANCE: O Flamengo conseguiu uma importante vitória em cima do Atlético-MG, neste domingo, no Maracanã. Além de diminuir a vantagem do líder São Paulo, os três pontos ajudaram a aliviar a pressão sobre o técnico Maurício Barbieri. Mesmo não apresentando um bom futebol, o Rubro Negro conseguiu aproveitar suas poucas chances, além de segurar a pressão do Galo nos minutos finais. O grande destaque individual do Flamengo foi o lateral-esquerdo Trauco, que na volta ao time titular contribuiu com duas assistências. Além dele, Paquetá, que fez o segundo, e Everton Ribeiro também tiveram atuações destacadas.

Confira as notas e as atuações dos jogadores do Flamengo - (Por Felipe Sbardella)

6,5 -Diego Alves - Não teve culpa no gol do Atlético-MG e ainda fez defesas importantes no segundo tempo, evitando o empate e garantindo os três pontos.

6,5 - Pará - Atuação segura na lateral no primeiro tempo. Chará não conseguiu criar muito por ali, mas Fabio Santos deu trabalho na segunda etapa.

6,5 - Léo Duarte - Seguro na zaga, fez com que Ricardo Oliveira saísse do jogo sem criar muito perigo contra seu gol.

Foto: Divulgação
6,5 - Réver - Tirou várias bolas de cabeça e ajudou na vitória. Quase fez um gol contra no último lance do jogo, mas não teve culpa no gol do Galo.

7,5 - Trauco - Mesmo muito criticado, foi o responsável por dar o passe pros dois gols rubro-negros no jogo.

7,0 - Cuellár - Seguro nos desarmes. Preencheu bem os espaços no meio, evitando que o Atlético criasse por ali. Mas errou passes perigosos para trás.

7,0 - Willian Arão - Marcou um belo gol no primeiro minuto de jogo, mas vacilou na marcação do gol de Leonardo Silva. Cometeu muitas faltas.

4,5 - Matheus Sávio - Muito disperso do jogo. Foi substituído no intervalo após acertar poucos lances na etapa inicial.

7,5 - Lucas Paquetá - Atuação consistente, auxiliando Everton Ribeiro nas tentativas de construção de ataques. Marcou o gol da vitória com uma bela cabeçada.

7,5 - Everton Ribeiro - Disparado o jogador mais lúcido do Flamengo, mas ainda falta um algo a mais e criar mais chances.

5,5 - Henrique Dourado - Constantemente impedido, pouco ajudou o ataque do Flamengo. Mais reclamou do que participou ativamente do jogo.

4,0 - Vitinho - Tarde para se esquecer. Entrou no intervalo e, 36 minutos depois, foi sacado por Barbieri sem ter feito nada de útil.

6,5 - Piris da Motta - Sua entrada no lugar de Henrique Dourado foi entendida como um convite ao Atlético para atacar. Teve bastante trabalho, mas não vacilou.

5,5 - Marlos Moreno - Entrou para puxar contra-ataques e segurar um pouco a bola no campo ofensivo. Não foi muito efetivo.

6,5 - Maurício Barbieri - Optou por Matheus Sávio e o tirou no intervalo. Colocou Vitinho e o sacou com meia hora. Mostra que nem ele tem convicção de suas escolhas.

O grande destaque individual do Flamengo foi o lateral-esquerdo Trauco, que na volta ao time titular contribuiu com duas assistências.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget