Pós-Copa do Flamengo tem erros que comprometem a temporada

UOL: O Flamengo vive um momento de questionamentos e tenta retomar o rumo com o objetivo de dar alguma alegria ao torcedor ainda em 2018. Para isso, no entanto, as falhas precisam ser solucionadas o quanto antes. O time que liderou o Campeonato Brasileiro por 13 rodadas se perdeu na parada para a Copa do Mundo. E foi justamente no pós-Mundial que o Rubro-negro acumulou erros capitais, vexames e colocou em risco a reta final da temporada.

Basta dizer que o Flamengo perdeu cinco dos 14 jogos que fez desde 18 de julho. O número é preocupante, pois não foi atingido em todo o primeiro semestre. O ataque deixa a desejar, a defesa sofre gols que não estava acostumada a levar e o trabalho no qual os dirigentes apostaram enfrenta graves problemas.

Everton Ribeiro durante Flamengo x Ceará - Foto: Gilvan de Souza
Tudo seria evitado com resultados teoricamente simples e que o time não conseguiu conquistar. A derrota para o Ceará por 1 a 0, em um Maracanã lotado, foi o mais recente dos vexames que fizeram o Rubro-negro perder contato com o topo da tabela do Brasileirão.

Com uma atuação arrastada e totalmente previsível, o Flamengo também perdeu para os reservas do Grêmio, na época absolutamente voltado para o duelo contra o Estudiantes-ARG pela Libertadores. Do Atlético-PR, então na zona de rebaixamento, os cariocas levaram três gols em apenas 20 minutos.

Para quem pensa em título, empatar com o América-MG, mesmo que fora de casa, foi um resultado bastante ruim. Pelo caminho, apenas nas partidas citadas, o Flamengo deixou pontos irrecuperáveis e que o colocariam atualmente na liderança do Campeonato Brasileiro.

A mudança no Rubro-negro já era perceptível no primeiro jogo depois da Copa do Mundo, quando perdeu para o líder São Paulo no Maracanã. Na ocasião, os cariocas estavam no topo da tabela e o confronto direto era importantíssimo. A derrota, claro, teve peso na sequência e deu continuidade aos erros.

Outro péssimo resultado foi o revés para o Cruzeiro na primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores. Os mineiros fizeram 2 a 0 no Maracanã e praticamente eliminaram o Flamengo no primeiro jogo. O time até buscou a vitória por 1 a 0 no Mineirão, mas em nenhum momento dos dois confrontos esteve próximo da vaga, o que terminou em mais uma queda nas competições sul-americanas.

A direção reconhece que o momento é difícil e aposta todas as fichas nos últimos três meses do ano. O time está nas semifinais da Copa do Brasil e ainda entre os primeiros do Brasileirão. A gestão Bandeira de Mello sabe que só conquistas podem acalmar a insatisfeita torcida. Vice-presidente de futebol e candidato da situação na eleição de dezembro, Ricardo Lomba falou sobre a fase delicada.

"Houve a parada da Copa. Tivemos saídas de alguns jogadores, chegadas de outros. Mas o mês de agosto foi bastante difícil com decisões contra Grêmio e Cruzeiro. Foi um desgaste muito grande. É claro que o futebol está devendo. Reconhecemos isso, pois os resultados não são os que a torcida deseja, merece e nem os que eu quero. Buscamos construir um caminho de vitórias e nos estruturamos para resultados melhores", comentou à Fox Sports.

Tudo seria evitado com resultados teoricamente simples e que o time não conseguiu conquistar.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget