Saída de Barbieri esbarra na falta de opções do Mercado

GILMAR FERREIRA: Há um clamor cada vem mais intenso pela troca do comando técnico do Flamengo – hoje exercido por Maurício Barbieri.

Nada diferente ao que tem ocorrido nos anos da gestão Bandeira de Mello na presidência do clube.

Atualizando os dados: de janeiro de 2013 a setembro de 2018 já são 13 treinadores em 56 meses, média de um a cada 4,3.

Não sei ao certo se o vice de futebol Ricardo Lomba suportará a pressão pela troca, ele mesmo já convencido de que algo precisa ser feito.

Esbarra, no entanto, nos poucos treinadores disponíveis na prateleira – a maioria com o perfil pouco alinhado à preocupação do momento.

Maurício Barbieri na câmera do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Que perfil é esse? Nada do outro mundo, apenas alguém que leve o time a um título de expressão nacional ou, de preferência, internacional.

Abel Braga já disse que só retorna ao trabalho em 2019, e Renato Gaúcho também já avisou que sairá do Grêmio ao término da temporada – e só.

A campanha no Brasileiro, por ora, não é tão preocupante como o mata-mata com o Corinthians, semana que vem, pelas semis da Copa do Brasil.

E logo, logo estarão chegando novembro e as eleições que apontarão o novo presidente e a diretoria que administrará o clube entre 2019 e 2021.

Os dirigentes rubro-negros, desde a semana passada, pensam numa forma de conseguir de levar a atual estrutura ao menos até o final do ano...

Mas não está fácil.

O Flamengo de Barbieri venceu apenas três de seus últimos dez jogos e isso traz instabilidade para o prosseguimento do trabalho.

Nestes 2 a 1 impostos pelo Internacional-RS, em Porto Alegre, o time buscou o protagonismo, mesmo sem Réver, Cuellar, Diego e Paquetá.

Mas levou um gol ainda cedo e depois de empatar não soube esfriar o ímpeto dos colorados, que buscavam a liderança.

A derrota, fora, derrubou o time do terceiro para o quarto lugar, podendo ainda encerrar a rodada em quinto – e já ameaçado pelo Atlético-MG.

Vejamos se haverá equilíbrio...

O Flamengo de Barbieri venceu apenas três de seus últimos dez jogos e isso traz instabilidade para o prosseguimento do trabalho.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget