Veja o aproveitamento dos técnicos do Flamengo da era Bandeira

TORCEDORES: Por Jéssica Celoto

Na manhã desta sexta-feira (28) o Flamengo anunciou a demissão do técnico Maurício Barbieri. O treinador foi o 13° técnico da equipe carioca somente na gestão de Bandeira de Mello.

Tão elogiada na parte financeira, a gestão de Mello não consegue surtir o mesmo sucesso dentro de campo. Desde 2013 no comando do Flamengo, Mello transformou uma equipe que passava por dificuldades financeiras em uma das equipes mais ricas do país. Porém o retorno em títulos que é o que o torcedor espera, não veio na mesma intensidade. O Flamengo de Mello só conquistou uma Copa do Brasil (2013) em títulos de relevância. Essa falta de resposta em campo resultou em vários técnicos durante sua gestão.

Confira todos que passaram pelo Flamengo na atual gestão e quanto tempo eles duraram.

Foto: Gilvan de Souza
DORIVAL JÚNIOR- 2012 – 2013
Curiosamente a lista começa com o atual técnico do Flamengo. Dorival Júnior em sua primeira passagem comandou o Flamengo a partir do meio do ano de 2012 e foi até o começo de 2013. Foi demitido por não haver acordo salarial entre ele e o clube. Em 37 jogos teve 15 vitórias, 12 empates e 10 derrotas.

JORGINHO – 2013
Conseguiu a vaga de treinador do Fla por sua grande identificação com o clube, porém durou apenas três meses. Foi demitido após derrota para o Náutico por 1×0. Seus números foram de sete vitórias, quatro empates e três derrotas.

MANO MENEZES – 2013
Foi contratado após ser demitido da seleção brasileira. Comandou a Gávea por três meses e pediu demissão após uma derrota por 4×2 para o Atlético -PR. Esteve a frente do Flamengo por 22 jogos com nove vitórias, seis empates e sete derrotas.

JAYME DE ALMEIDA – 2013 – 2014
Técnico mais vitorioso da gestão Bandeira de Mello. Conquistou a Copa do Brasil em 2013 e o Carioca de 2014. Após má campanha no Brasileirão do mesmo ano retornou ao cargo na comissão técnica com um histórico de 49 jogos, com 27 vitórias, 12 empates e dez derrotas.

NEY FRANCO – 2014
O técnico com a passagem mais rápida. Foram apenas sete jogos com três empates e quatro derrotas. A última delas para o Internacional por 4×0.

VANDERLEI LUXEMBURGO – 2014 – 2015
Se o seu antecessor foi quem menos tempo comandou o Flamengo, Luxemburgo foi quem mais tempo o fez. Foi o responsável por salvar o Flamengo do rebaixamento e levar o time até a semifinal da Copa do Brasil. Em 2015 seu bom trabalho não continuou e foi demitido após 10 meses no cargo. O ‘pofexô’ esteve a frente da equipe carioca em 59 jogos, com 34 vitórias, 14 derrotas e 11 empates.

CRISTÓVÃO BORGES – 2015
Treinou o Flamengo apenas por 18 partidas, somando oito vitórias, um empate e nove derrotas. Foi demitido após derrota por 1×0 contra o Vasco na Copa do Brasil.

OSWALDO DE OLIVEIRA – 2015
Animou a nação rubro-negra com seis vitórias seguidas no Brasileirão, porém logo depois a equipe caiu de rendimento e o treinador não resistiu. Em 19 jogos Oswaldo de Oliveira teve oito vitórias, três empates e sete derrotas.

MURICY RAMALHO – 2015 – 2016
Primeiro treinador após reeleição de Mello. Não conseguiu fazer um bom trabalho acumulando eliminações na Primeira Liga, Carioca e Copa do Brasil. Deixou o cargo por problemas de saúde após 26 jogos com  13 vitórias, seis empates e sete derrotas.

ZÉ RICARDO – 2016 – 2017
Foi promovido após saída de Muricy. Fez um bom Brasileirão em 2016, no qual disputou o título até as últimas rodadas. Em 2017, não conseguiu suportar a pressão após ter sofrido a eliminação do Fla  ainda na fase de grupos. Em 89 jogos conseguiu 47 vitórias, 25 empates e 17 derrotas.

REINALDO RUEDA – 2017
Ficou quatro meses na Gávea e chegou a duas finais de Copa do Brasil e Sul-Americana respectivamente. Em 2018 deixou o Flamengo para treinar a seleção chilena. Rueda esteve a frente do Flamengo em 31 jogos com 13 vitórias, 10 empates e oito derrotas.

PAULO CÉSAR CARPEGIANI – 2018
Foi contratado após um bom trabalho no Bahia em 2017, porém bastou uma derrota com a equipe titular no Carioca para que fosse mandado embora. Comandou o Flamengo em 17 jogos tendo 11 vitórias, três empates e três derrotas.

MAURÍCIO BARBIERI – 2018
Assumiu interinamente o cargo de treinador após saída de Carpegiani, mas com uma bela atuação no Brasileirão, chegando a liderar por 10 rodadas seguidas, foi efetivado em junho de 2018. No entanto após a parada da Copa, o time começou a cair de rendimento, perdendo a liderança do Brasileirão e sendo eliminado na Libertadores e Copa do Brasil.

DORIVAL JÚNIOR
Está com a missão de recuperar o prestígio rubro-negro ao vencer o Brasileirão, no qual o Flamengo segue vivo.

Maurício Barbieri foi o 13° técnico da equipe carioca somente na gestão de Bandeira de Mello.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget