Vizeu lembra infância na roça e sonha com sucesso na Europa

ESPN: Aos 21 anos, Felipe Vizeu, da Udinese, vive sua primeira experiência fora do Brasil. Em fase de adaptação à Itália, o atacante revelado no Flamengo busca se acostumar com as diferenças de cultura, idioma e costumes dos italianos.

Além disso, ele atua em um dos principais campeonatos da Europa. Uma mudança e tanto na vida do jovem que foi criado em Chiador, uma pequena cidade no interior de Minas Gerais, e trabalhava na roça junto a família antes de ser jogador.

"Eu morei em uma fazenda que ficava uns 7 km de distância para o centro. Lá eu trabalhei com meu pai na roça, na fazenda, mesmo sendo pequeno ainda. Ajudava a ordenhar vaca, cortar capim. É uma história bem grande mesmo de superação que a gente passou", contou, ao ESPN.com.br.

Foto: Divulgação
Apaixonado por futebol desde menino, Vizeu andava de bicicleta junto com o irmão para o centro da cidade em uma escolinha de futsal.

"O professor dava o treino para a gente três vezes na semana, era muito importante pra mim, sempre foi o que quis fazer. Depois, me mudei pra Cabo Frio, joguei em alguns times de lá, até que apareceu a oportunidade através do senhor Carlos Marins de fazer um teste em Minas. Depois de uma competição muito boa que eu fiz pelo América-MG surgiu a oportunidade de ir jogar no meu clube de coração, que é o Flamengo", recordou.

Aos 16 anos, o atacante chegou ao time da Gávea e virou um dos maiores destaques da base.

"Eu vivi muitos momentos felizes, um deles foi no meu segundo jogo com a camisa rubro-negra, logo assim que eu cheguei. Foi contra o Internacional pela Copa do Brasil Sub-17, eu tinha acabado de chegar. A gente tinha perdido o jogo de ida em Macaé por 1 a 0 e na volta vencemos por 2 a 1, onde eu fiz os dois gols do Flamengo. Foi um momento maravilhoso e muito marcante na minha carreira", recordou.

“Depois teve uma outra partida também pela Copa do Brasil Sub-17 no ano seguinte, contra o São Paulo, jogo de volta, na ida tínhamos perdido de 2 a 1. Na volta vencemos por 3 a 1 e novamente pude marcar duas vezes, um deles foi um dos mais bonitos da minha carreira. Dei três 'comes' no zagueiro, balancei pra lá e pra cá, foi um golaço de canhota”, contou.

Antes de subir aos profissionais, Vizeu também faturou a Copa São Paulo de futebol júnior de 2016 com o Flamengo ao derrotar o Corinthians nos pênaltis, sendo o vice-artilheiro do torneio com sete gols.

“Foram grandes jogos, fomos campeões, pude marcar muitos gols e ser eleito o melhor da competição. Claro que tiveram outros vários momentos bons, títulos conquistados, fui campeão da OPG Sub-20 com apenas 17 anos e fui campeão carioca também", relatou.

Do Fla para a Itália
Depois da conquista da Copinha, Vizeu foi efetivado no elenco principal, no qual permaneceu por dois anos. Em 67 jogos pelo Flamengo, Vizeu anotou 20 gols e venceu o Campeonato Carioca de 2017.

"Fui muito bem recebido, tenho que agradecer muito também ao Mancuello, que é um grande amigo, me ajudou muito quando eu cheguei. Ele me dava muitos conselhos, sabia como era chegar no Flamengo, me acompanhou bastante quando eu atuava na base, e a gente acabou se apegando bastante.

Neste ano, foi vendido para a Udinese por 6 milhões de euros, em um contrato de cinco temporadas. No meio deste ano, o brasileiro chegou à equipe italiana

"Estou sendo muito bem recebido aqui na Udinese, já conhecia o Samir, também ex-jogador do Flamengo. São cinco brasileiros ao todo, muitos jogadores também de outros países sul-americanos, isso ajuda muito na adaptação aqui. Se Deus quiser vai dar tudo certo e vamos conquistar os objetivos que esperamos na temporada", projetou.

Após se destacar na pré-temporada, o atacante busca espaço no elenco principal. Até o momento, ele entrou em uma partida do Campeonato Italiano.

"Quero poder fazer gols, ajudar a Udinese a brigar por títulos. Tenho o sonho também de defender a seleção brasileira e acho que se eu fizer bem meu trabalho aqui, tenho chances de chegar nesse objetivo", garantiu.

Mesmo na Itália, o atacante espera que o Flamengo termine o ano com o título do Brasileiro e da Copa do Brasil.

"Com certeza vou ficar na torcida, sou rubro-negro de coração, sou torcedor do Flamengo. Acabei optando por atuar agora na Udinese, foi sempre um sonho jogar na Europa e vou ficar torcendo de longe", relatou.

Em 67 jogos pelo Flamengo, Vizeu anotou 20 gols e venceu o Campeonato Carioca de 2017.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget