Brasileirão 2018 tem a maior média de público dos últimos 30 anos

A TRIBUNA: O Campeonato Brasileiro de 2018 tem levado público aos estádios como há tempos não se via. A competição marcada pelo equilíbrio na disputa pela liderança e a briga acirrada contra o rebaixamento fechou as 26 primeiras rodadas com a maior média de público nos últimos 30 anos. É como se, a cada jogo, cerca de 18,3 mil pessoas deixassem suas casas para irem aos estádios pelo País afora.

O número é significativo por deixar a edição deste Brasileiro com uma presença de torcida comparável à da década de 1980, a era de ouro das casas cheias. Naquela década, partidas em estádios como Morumbi e Maracanã reuniam mais de cem mil pessoas. O campeonato de média mais alta foi o de 1983, com 22,9 mil torcedores por jogo.

Foto: Divulgação
O índice elevado de público nesta temporada se explica por vários fatores. O principal deles é ter em 2018 uma concorrência maior pelo título, situação diferente da vivida em 2017, por exemplo, quando o Corinthians disparou na liderança.

O diretor da consultoria CSM Golden Goal, Danyel Braga, estudou durante oito meses os 13,6 mil jogos das edições do Brasileiro desde 1971 para identificar as razões que motivam o público a ir aos estádios. Aponta que, além do equilíbrio nas primeiras posições, é importante ter clubes de peso na disputa.

“Quem briga pelo título são times de grande torcida, e isso contribui para os números melhorarem. Há também o peso do Flamengo. Como tem a maior torcida, isso causa um efeito positivo, mesmo quando joga fora de casa”, explicou.

O aumento na bilheteria do Brasileiro também se beneficia de novidades implantadas nos últimos anos. As partidas marcadas para as manhãs de domingo se consolidaram como atrativos para o público, assim como os estádios novos. “As arenas construídas para a Copa de 2014 costumam ser ainda um fator positivo para os torcedores, por serem novas e confortáveis”, explicou Braga.

ESTRATÉGIA

Destaque no futebol paulista em relação ao público neste Campeonato Brasileiro, o São Paulo recebeu mais de 40 mil torcedores nos últimos sete jogos em casa. A média do time é de 38,1 mil por partida, atrás apenas do Flamengo, com 46,2 mil.

O São Paulo atribui o sucesso com o público a fatores como um estudo realizado sobre a bilheteria da equipe nos últimos cinco anos. Em vez de fixar um preço para o ingresso, o clube considerou melhor adotar a chamada “precificação dinâmica”.

“A metodologia estipula preços a partir de variáveis envolvidas nos eventos, com o objetivo de levar em conta as particularidades de cada jogo e garantir o equilíbrio entre preços justos para o torcedor e reforço em receita”, explicou o São Paulo, por meio de nota

Quem briga pelo título são times de grande torcida, e isso contribui para os números melhorarem. Há também o peso do Flamengo.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget