Clube é maior que qualquer jogador

FOX SPORTS: Por Fábio Azevedo

Quando o Diego Alves chegou em julho de 2017, a torcida se encheu de esperança e acreditou que o problema do gol estava resolvido. Esta era a tendência. Pouco mais de um ano depois, ele está bem? Sim. Arrebentando? Nem tanto. Bastou mais uma contusão para o goleiro revelar um lado egoísta.

Recusar viajar porque sabia que seria reserva do Cesar é desrespeito com o companheiro, elenco, comissão técnica e, principalmente, torcida, que tanto pediu por ele. A decisão da diretoria é simples: multa e ponto final. Se seguir com este comportamento imaturo, nova multa e suspensão. Se insistir, rescinde e cobra multa rescisória dele por mau comportamento.

Foto: Gilvan de Souza
Será que a experiência não fará o grande goleiro refletir? O exemplo do meia o Diego é um caminho, Diego Alves. Carteirada é igual gritar quando se perde o argumento.

Vale lembrar, para os que esquecem, o CLUBE é maior que qualquer jogador. Eles passam, o clube não.

O exemplo do meia o Diego é um caminho, Diego Alves. Carteirada é igual gritar quando se perde o argumento.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget