Dorival valoriza semana livre para treinar o Flamengo

LANCE: A semana de treinos no Ninho do Urubu serviu para Dorival Júnior conhecer o elenco rubro-negro e começar a deixar sua marca na equipe do Flamengo. O treinador, em coletiva na véspera do duelo contra o Corinthians, fez elogios ao trabalho do antecessor, Maurício Barbieri, e a dois atletas em especial: Lucas Paquetá e Uribe, que trabalharam durante as atividades entre os titulares.

- Maurício fez um trabalho que deu uma base muito boa. Espero levar esse trabalho na altura daquilo que ele deixou - afirmou o treinador do Flamengo.

Foto: Gilvan de Souza
A base da equipe utilizada por Barbieri deve ser mantida, especialmente o setor do meio de campo, com Cuéllar, Lucas Paquetá e Everton Ribeiro. Neste início, Dorival tem escalado Arão no lugar do camisa 10 Diego, que realiza trabalhos específicos para aprimorar a parte física e está fora da partida de sexta-feira.

- Às vezes não temos tempo. Por isso os treinadores reclamam do calendário. Tive a felicidade de ter essa semana. O que não quer dizer que o time já vá conseguir resultados. Espero que sim, afirmou Dorival Júnior.

Durante a coletiva, o treinador foi questionado sobre a queda de produção de Lucas Paquetá, um dos destaques do Flamengo em 2018. Após a Copa do Mundo, assim como toda equipe, o jovem meia rendeu em alguns jogos abaixo da expectativa. Inclusive, foi cobrado internamente e passou a receber atenção especial do departamento de futebol do clube.

Para Dorival, a oscilação do camisa 11 é natural, visto que é o segundo atleta que mais atuou em 2018: 47 partidas, ficando atrás apenas de Renê, com 48.

- Eu acho que é natural que um jogador oscile dentro de um a competição tão longa como o Campeonato Brasileiro. Ainda com Copa do Brasil e Libertadores durante uma parte. O Paquetá foi um dos que participou da grande maioria dos jogos e é um grande jogador. Independente da posição que atue, vem mostrando qualidade. Ele marca bem e chega bem ao ataque. Ele é o tipo de jogador que todo treinador gosta e busca para o seu time - avaliou o técnico.

Uma novidade sob o comando de Dorival pode ser a presença de Uribe no ataque. O colombiano, contratado para o segundo semestre de 2018, perdeu espaço com Maurício Barbieri nas últimas partidas do técnico antecessor.

O colombiano, que marcou um gol em 13 jogos, conta com a confiança do novo comandante, que já acompanhava seu futebol antes de chegar ao Flamengo.

- Uribe é um jogador que já tinha indicado para um clube que estava. Já o acompanhava. Tem muito potencial. Ainda está se adaptando ao clube e a cidade, temos que respeitar isso. Estamos intensificando alguns trabalhos e espero conseguir logo dois ou três resultados, para embalarmos de vez.

O treinador, em coletiva na véspera do duelo contra o Corinthians, fez elogios ao trabalho do antecessor, Maurício Barbieri.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget