"Não adianta ter estratégia e tática se não tiver entrega", diz Dorival

SITE OFICIAL DO FLAMENGO: O Flamengo foi superior durante os 90 minutos contra o Corinthians em Itaquera, e goleou o time da casa por 3 a 0, na noite desta sexta-feira. Em noite iluminada, Lucas Paquetá marcou duas vezes e Renê deu números finais. Após a partida, o treinador Dorival Júnior, que completou o segundo jogo no comando da equipe, concedeu entrevista coletiva e destacou a mudança de postura da equipe.

“Não pode existir acomodação, não podemos achar que esse resultado vamos repetir a todo momento. O nível de atuação, a cobrança vai existir, mas temos que ter atuação desse nível para cima se a gente quiser chegar, se quisermos incomodar. O que será desenvolvido e cobrado ao longo da semana, é o que vai decidir o nível da atuação do próximo final de semana. Nosso segundo tempo contra o Bahia também foi muito forte. Poucas equipes conseguem jogar bem lá na Fonte Nova e nós conseguimos. É a segunda partida que não sofremos gols. Coletivamente a equipe começou a despertar um pouco mais. Teremos 10 jogos complicadíssimos pela frente.”

Dorival Jr - Foto: Staff Images
Dorival também falou sobre a atuação de Lucas Paquetá, que foi decisivo esta noite em Itaquera.

“O campeonato está muito disputado em todos os setores. Teremos que manter a postura que apresentamos hoje e que foi iniciada contra o Bahia. Apresentamos um jogo muito agressivo. O Paquetá é um jogador diferente, é um garoto com uma cabeça boa, é sólido em suas atitudes. É natural que oscile em função da quantidade de jogos, e por tudo que tem acontecido na sua vida nesses últimos quatro meses. Com certeza, ele tem que ser preparado para sustentar tudo isso. Espero que não perca a humildade e o interesse em querer melhorar. É uma peça essencial para que o Flamengo alcance bons resultados.”

Para concluir, o treinador destacou a mudança de postura dos jogadores para que o resultado positivo pudesse voltar a acontecer.

“Não adianta ter estratégia e tática, se não tiver entrega e comprometimento dos jogadores. Se não houvesse entrega e mudança de comportamento, não teríamos saído do lugar. Acho que essa situação foi provocada, aceita e assimilada pelos jogadores fez com que alcançássemos esse resultado tão importante nesse momento da competição.”

O Mais Querido volta a campo contra o Fluminense no próximo sábado (13), às 17h, no Maracanã, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O treinador do Flamengo também falou sobre a atuação de Lucas Paquetá, que foi decisivo esta noite em Itaquera.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget