Critiquem mais o César!

ESPORTE 24 HORAS: Wilson Pimentel

César é isso, César é aquilo, e toma-lhe porrada dos corneteiros desde que o goleiro assumiu a condição de titular do Flamengo. Na vitória por 1 a 0 sobre o Santos, César lembrou aquele jogador que se destacou nos jogos decisivos da Copa Sul-Americana de 2018.

Pois, César é o dono da posição, César, ainda que um goleiro em formação desbancou o midiático e problemático Diego Alves. Aliás, o que mais tem é viúva do experiente goleiro querendo tumultuar o ambiente no clube. Entretanto, o prata da casa está atingindo a maturidade antes dos 30 anos, idade considerada ideal para um goleiro se tornar um extra série.

César defendendo pênalti pelo Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Nesta quinta-feira (15), no Maracanã, César fez defesas seguras, e pegou um pênalti de Gabigol, aos 43 minutos do 2º tempo, numa cobrança mal batida pelo atacante santista. César, no entanto, tem méritos na defesa. Me lembrou a técnica utilizada por Diego Alves: esperou, balançou o corpo, ludibriou o adversário e atacou a bola.

César salvou a pele de Léo Duarte. O zagueiro cometeu erro bobo e quase colocou a vitória do Flamengo em risco. Auto confiança em excesso é um perigo

César calou a boca dos críticos, tem que respeitar o goleiro rubro-negro, salvou o Flamengo. Respeito máximo ao dono da pequena área.

O Flamengo de Dorival tem a cara de Barbieri

O Flamengo não fez um jogo brilhante contra o Santos. Foi sofrível o primeiro tempo. Com isso, o time rodou, rodou, rodou e foi para o intervalo sem dar um chute perigoso a gol. Dorival Júnior armou o Flamengo no modo Maurício Barbieri. Já no segundo tempo, o time atuou mais na base da vontade. Tática? Não existiu tática! Mas, o Flamengo jogou o suficiente para conquistar os três pontos e seguir com chances mínimas de vencer o Campeonato Brasileiro. Dessa forma, a equipe chega com moral para enfrentar o Sport, Grêmio e Cruzeiro. O Flamengo ainda sente o “cheirinho” de título.

CURTINHAS:
NUNCA CRITIQUEI: Contra o Santos, Henrique Dourado fez o seu 12º gol na temporada. Ele é o artilheiro do Flamengo em 2018. O Ceifador tem 39 jogos com a camisa rubro-negra.

ELE NÃO: Dorival Júnior, Rômulo? Você é técnico e não milagreiro. Se o Rômulo vem treinando bem, sou o herdeiro legítimo da Rainha da Inglaterra.

ELE SIM: Piris da Motta deve ter ajudado Diego Alves a bater no técnico do Dorival Júnior. Não é possível um sujeito que tenha duas pernas ser reserva do Rômulo.

ADIVINHEM?: Diego recebeu cartão amarelo contra o Santos, e adivinhem? O camisa 10 estava pendurado. Com isso, cumpre suspensão diante do Sport, na Ilha do Retiro, em Recife.

SEMPRE CORNEITEI: Acho que Diego Alves vai ficar um mês sem para treinar no CT George Helal após César ter pego um pênalti no final da partida contra o Santos.

César calou a boca dos críticos, tem que respeitar o goleiro rubro-negro, salvou o Flamengo. Respeito máximo ao dono da pequena área.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget