Entenda a situação de Flamengo, Grêmio e Renato Gaúcho

GLOBO ESPORTE: Ídolo e carrasco do Flamengo enquanto jogador, Renato Gaúcho sempre provocou sentimentos dúbios nos rubro-negros.

Uma relação intensa, de mais de três décadas, que gera amor e ódio - embora a última vez como jogador do clube tenha sido em 1997. Hoje, na véspera de um novo encontro, mais uma vez em lados opostos, no Maracanã, o clima é de flerte. Renato estará no banco do Grêmio, que enfrenta o Flamengo, nesta quarta, às 21h45.

Renato nunca escondeu que treinar o Flamengo é um sonho antigo. Em quase duas décadas como treinador, flertaram algumas vezes. O técnico teve até proposta neste ano, mas a possibilidade de reatar o antigo namoro jamais virou um novo casamento.

Proposta do Grêmio... e de outros clubes

Mesmo sem proposta do Flamengo no atual momento, o clube carioca sempre é lembrado como provável concorrente nos períodos de negociação de Renato. E dessa vez não é diferente. O clube gaúcho já apresentou números, e aguarda a resposta. E, sem plano B, está otimista por um acerto até o fim de 2019.

Wesley Santos / PressDigital
Há, no entanto, outros interessados, garante o empresário do treinador.

- Recebemos uma proposta do Grêmio, e o Renato conversou com a diretoria. Primeiro o Grêmio precisa classificar para Libertadores. Depois vamos passar nossa proposta. É natural que cheguem propostas. Não vou citar nomes de clubes, mas o Renato sempre é muito procurado no fim do ano. É normal, chegam muitas. Não falamos em nomes de clubes interessados, até porque todos estão no meio de um trabalho, com treinadores empregados. Na hora certa vamos falar – disse Gerson Oldenburg, em contato por telefone com o GloboEsporte.com.

Com propostas ou não, a demora para responder o Grêmio aumenta as especulações. Renato é esperto, gosta do jogo de palavras e não faz nenhuma questão de desmentí-las. No ano passado não foi diferente e, após longa novela, optou por ficar em Porto Alegre. Agora novamente terá de se decidir entre a idolatria e um trabalho consolidado ou buscar novos desafios. A conferir.

Cenário complexo: consulta a Abel e negociação com o Grêmio

O momento é propício às especulações. É natural que o nome de Renato mais uma vez seja ventilado na Gávea. Em seu melhor momento na carreira, o técnico tem contrato até dezembro com o Grêmio e não confirma que ficará em Porto Alegre em 2019.

No Flamengo, que vive período pré-eleitoral, são poucas as definições possíveis antes do pleito do dia 8 de dezembro. Uma das certezas é que Dorival não fica. Haverá troca no comando técnico, embora ninguém confirme oficialmente.

Chegou então o momento de o flerte virar namoro? A situação não é tão simples e o cenário hoje parece improvável, embora viável.

Renato negocia renovação com o Grêmio. No Flamengo, os principais candidatos à presidência evitam falar nomes, mas os dois grupos já procuraram Abel Braga e sinalizaram que pretendem contar com ele a partir de janeiro. Livre, Abel tem interesse em assumir o Rubro-Negro.

Nome no radar

O que não quer dizer que o nome de Renato não esteja no radar. Vice de futebol e candidato da situação, Ricardo Lomba participou da tentativa de acerto no início de abril, após a demissão de Carpegiani. Na ocasião, o nome do treinador era consenso, houve uma proposta robusta financeiramente, mas Portaluppi optou por não interromper o trabalho em Porto Alegre. Mas admitiu que ficou balançado. Na ocasião, o Flamengo ofereceu mais de R$ 25 milhões a ele e seu auxiliar por um contrato de dois anos.

Nome mais forte da oposição, Rodolfo Landim colocou Renato no radar, durante o lançamento de sua campanha, em setembro. O candidato também é entusiasta de Abel, mas há um certo clamor entre os rubro-negros nas redes sociais pelo técnico do Grêmio.

- É um grande técnico, assim como outros. Em caso de mudança, certamente ele será cogitado - elogiou Landim.

"No ano que vem"

Com residência fixa no Rio de Janeiro há mais de 30 anos, Renato constantemente convive com pedidos de flamenguistas para assumir o time. Nos últimos dias de setembro, em meio ao rebuliço com a demissão de Barbieri e o acerto com Dorival, o treinador foi abordado por um torcedor rubro-negro em um hotel em Ipanema, onde o Grêmio estava concentrado para enfrentar o Fluminense.

- Renato, vem pro Flamengo - pediu o torcedor. Renato largou um sorrisão. O torcedor então perguntou sério. - Você vem? O amigo que conversava com Renato intercedeu. - Ano que vem! Na que Renato, em tom descontraído e alimentando o sonho do rapaz, repetiu meio que pensando alto:

- Ano que vem.

Em recente entrevista, o treinador reiterou o desejo de treinar o Flamengo, sem colocar prazo.

– Sou gaúcho, mas moro há mais 30 anos no Rio de Janeiro. Não gosto do frio. Quanto ao Flamengo, é um sonho antigo treiná-lo, mas estou muito feliz no Grêmio.

Renato nunca escondeu que treinar o Flamengo é um sonho antigo. Em quase duas décadas como treinador, flertaram algumas vezes.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget