Angelim relembra lance de Neymar e lamenta 'traição' de Ronaldo

EXTRA GLOBO: Nove anos após entrar para a história do Flamengo por ter marcado o gol do hexacampeonato brasileiro, Ronaldo Angelim aproveita a aposentadoria. Muitos jogos pelo Rubro-Negro, clube do seu coração, não saem da memória do Magro de Aço. Por exemplo, a vitória de 5 a 4 sobre o Santos, na Vila Belmiro, pelo Brasileiro de 2011. Naquele jogo, Angelim teve um atrito com Neymar, hoje a estrela do Paris Saint-Germain. O então menino chegou a colocar o dedo na cara do zagueiro após receber uma bronca. Em entrevista ao canal do Youtube “BatPronto”, Angelim relembrou.

“Vou falar a verdade, ser honesto. Porque muita gente vai falar que o Neymar foi ‘perna’, foi isso, foi aquilo... e a situação não foi essa. Na verdade, foi uma situação que aconteceu no meio de campo. Eu fui lá, para parar a jogada no meio de campo. Não cheguei a tocar nele, mas ele se jogou. Assim que ele se jogou, cheguei onde ele estava e falei para ele parar de se jogar: ‘Para de se jogar, filho da mãe!’ Soltei aquele palavrão. Aí ele foi, se levantou e revidou: ‘Filho da mãe é você’. Mas a imprensa pegou só ele revidando... Eu xinguei primeiro. Ele está perdoado”, disse Angelim

Em seguida, ele falou do golaço de Ney, que rendeu ao craque o Prêmio Puskas. Angelim levou um drible espetacular do Menino da Vila.

“A jogada do gol foi bonita. Ele vem trazendo todo mundo. Driblou Willians e Leo Moura lá no meio e veio trazendo. Driblou mais uns dois e veio pra cima de mim. Não quis fazer a falta com medo de ser expulso. Já estava tomando de três, imagine quanto ia ficar. Mas o gol dele foi bonito... Era um jogador que já estava mais forte, rápido...”.

O Magro de Aço também relembrou os momentos que teve com Ronaldo Fenômeno no Flamengo em 2008. Para ele, foi “uma pena” Ronaldo não ter fechado com o Fla.

“Eu também estava me recuperando de uma lesão... Estava para acertar com o Flamengo. Eu estava empolgado... ‘Vai dar certo’... Treinamos muito no Ninho. Flamengo preparou Ronaldo e ele aparece treinando no Corinthians (risos), não entendi nada... Queria que ele tivesse jogado no Flamengo... Se ele tivesse jogado no Flamengo, para nós seria muito bem. Ele, como flamenguista, ia dar uma alegria... ele alavancou o Corinthians naquela época. Acho que o Flamengo teria subido um patamar a mais... Com certeza ia dobrar a moral. Foi uma pena”, contou Angelim.

“Eu não fiquei p... porque fiquei sabendo de algumas situações. Pra ele foi melhor ir para o Corinthians. A gente respeita o lado profissional do jogador... Mas Ronaldo jamais vai deixar de ser flamenguista. Pode dizer que é Corinthians, mas não tem como. Pode ser o segundo time dele. Quem nasce flamenguista, não muda. Depois ele vai vir assistir jogo do Flamengo, e a torcida vai aceitá-lo”, acrescentou.

Por fim, Angelim disse estar vivendo uma fase de “pegador”. Ele está separado.

“Eu estou separado... Virei centroavante, agora sou goleador. Vários gols... Onde eu passo, eu faço gol. Artilheiro competente, viu?”

Veja a entrevista completa abaixo



Magro de Aço também relembrou os momentos que teve com Ronaldo Fenômeno no Flamengo em 2008.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget