Em 2019, CBF pagará R$ 33 milhões ao campeão e 31,35 ao vice

RODRIGO MATTOS: Com os novos contratos a partir de 2019, a nova tabela de premiações do Brasileiro-2019 da Globo vai reduzir a diferença entre os prêmios do campeão e do vice do campeonato. Ao mesmo tempo, serão reajustadas de forma significativas as cotas dos times que se salvam por pouco do rebaixamento. Essa divisão é fruto do novo modelo de contrato feito pela emissora com os clubes que estabelece distribuição de 30% do total por posição.

A tabela para o Nacional-2019 tem um prêmio para o campeão de R$ 33 milhões se o clube tiver contrato com a Globo em todas as mídias, como já revelado pelo blog. Em seguida, o vice ficará com 0,5% a menos, o que representará R$ 31,35 milhões. O bolo total da emissora para premiação seria em torno de R$ 330 milhões se tivesse todos os contratos com todos os clubes.

Foto: Divulgação
Para efeito de comparação, o campeão Palmeiras ganhou em 2017 R$ 18,7 milhões contra um valor entre R$ 11 milhões e 12 milhões para o vice Flamengo, em números determinados pela CBF. O bolo é bem menor com R$ 63,8 milhões já que só uma fatia pequena do contrato da Globo era dividido por posições.

A partir do próximo ano, a tabela do Brasileiro da Globo terá diferenças menores entre as posições. Cada colocação mais baixa perde 0,5% ou R$ 1,65 milhão. Como exemplo, o terceiro ficaria com algo próximo de R$ 29,7 milhões. E o quarto colocado ganhará R$ 28 milhões. Assim sucessivamente até o 10o colocado.

A partir do meio da tabela, há uma queda maior de 0,8% para o 11o, mas em seguida as reduções são em percentuais bem menores. No final das contas, o 16o colocado fica com R$ 11 milhões, um valor bem maior do que o atual, entre R$ 700 mil e R$ 800 mil. Os quatro times rebaixados continuam sem receber nada da cota de premiação.

É preciso ressaltar que essas cotas valem para os clubes que tiverem assinado com a Globo todos os contratos, de TV Aberta e Fechada. Quem tiver só acordo de Aberta (casos de Santos e Internacional) ganha só o percentual referente a esses direitos (em torno de metade), e recebe outra parte da Turner pela TV Fechada.

Nos acordos com a Turner, 25% do total é destinado à premiação por posição. Assim, considerado as duas emissoras, o total deve ficar entre R$ 310 milhões e 330 milhões por colocação.

As regras de distribuição de cotas por posições estão estabelecidas em contratos com a Globo, mas podem ser alteradas se houver concordância de todos os clubes. Isso dentro de determinados limites estabelecidos pelos acordos.

O campeão Palmeiras ganhou em 2017 R$ 18,7 milhões contra um valor entre R$ 11 milhões e 12 milhões para o vice Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget