Flamengo vem acertando com técnicos que "sobram" no Mercado

COLUNA DO FLAMENGO: Por: Igor Dorilêo e Venê Casagrande

Apesar de ter Dorival Júnior no comando, o Flamengo pode passar por mais uma troca de treinador nesta janela de transferências. Contratar o profissional preferido tem sido uma dificuldade recente da diretoria rubro-negra. Renato Gaúcho e Abel Braga recusaram o convite do clube em mais de uma oportunidade nos últimos 14 meses.

O martírio rubro-negro em busca de um técnico começou em outubro de 2017. Na época, Portaluppi foi procurado, mas não quis acertar com o Fla. Em abril deste ano, voltou a ser pretendido pelo time carioca, mas optou por permanecer no Grêmio. E, nos últimos dias, pela terceira vez em um espaço de um ano e dois meses, recusou mais uma proposta e anunciou renovação contratual com a equipe gaúcha.

Foto: Gilvan de Souza
“Abelão” foi outro a ser contactado ainda no início desta temporada, mais especificamente no mês de abril, quando ainda estava no Fluminense. Na ocasião, recusou o convite e permaneceu no rival tricolor. Na parada para a Copa do Mundo, deixou o Flu, e foi lembrado pela diretoria rubro-negra dois meses depois.

Novamente, o experiente treinador negou a investida do Flamengo, com a justificativa de que não pegaria trabalho em andamento, dando esperanças ao menos de assumir o cargo no início da próxima temporada. Além disso, fez elogios ao então técnico Barbieri e discordou da demissão que estava por vir. Agora, diante do não de Renato, Abel Braga volta a ser um dos alvos das duas chapas favoritas nas eleições do clube.

O perfil do comandante se encaixa no modelo procurado pela diretoria. Um técnico que tem como pontos fortes a liderança e a grande experiência. Características essas que também podem ser atribuídas a Dorival Júnior, atual treinador. No entanto, no quesito bagagem ainda fica atrás de seu concorrente, até pela diferença de idade de dez anos.

Apesar disso, a permanência de Dorival para o próximo ano não está descartada. O técnico foi contratado no final de setembro para dirigir a equipe até o término do Campeonato Brasileiro. O bom desempenho neste período, com 12 jogos, sete vitórias, três empates e apenas duas derrotas, o credencia para continuar no cargo. O profissional não esconde o desejo de ficar.

A questão será melhor discutida após o resultado das eleições do clube, marcadas para o dia 8 de dezembro. As duas chapas favoritas são encabeçadas por Ricardo Lomba, atual vice-presidente de futebol e candidato da situação, e Rodolfo Landim, principal nome de oposição. Marcelo Vargas e José Carlos Peruano correm por fora.

Renato Gaúcho e Abel Braga recusaram o convite do clube em mais de uma oportunidade nos últimos 14 meses.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget