Landim revela estratégia para buscar reforços para o Flamengo

COLUNA DO FLAMENGO: O processo eleitoral do Flamengo está em sua reta final, uma vez que a votação ocorrerá no próximo sábado (08). Em meio a isso, o Coluna do Flamengo e o Blog Ser Flamengo buscam deixar os rubro-negros cada vez mais cientes do que cada candidato visa fazer caso assuma o cargo mais alto do clube. Na última terça (04), Rodolfo Landim, da Chapa Roxa foi entrevistado, e uma das ideias abordadas por ele foi em relação a uma possível mudança no CIM (centro de Inteligência em Mercado) e método de contratações para o futebol.

Em sua declaração, Landim afirmou que uma de suas metas é que haja uma espécie de “descentralização” do poder. Ele acredita que, a partir disso, é possível reduzir a possibilidade de que se estabeleçam “jogos de interesses”. Além dessa ideia, outro pensamento levantado pelo candidato é o de ter mais pessoas com poder para decisões ao lado do diretor de futebol, sem deixar um único profissional como responsável pelo processo de contratação.

Marcos Braz, Rodolfo Landim e Maurício Gomes de Mattos - Foto: Divulgação
– Hoje, o Flamengo tem um Centro de Inteligência em Mercado que é voltado, em parte, para dentro do clube, para as pessoas fazerem avaliações dos próprios jogadores, até para, eventualmente, identificar a necessidade de melhoria em alguma posição. E há também o grupo que faz a análise do mercado e identifica quem são os melhores jogadores para suprir a necessidade. Mas esse grupo avalia também os jogadores da base. Saber se temos, na base, alguém que pode suprir a deficiência da equipe. Esse pessoal, para mim, não pode reportar para quem identifica as necessidades. Quem identifica a necessidade é um, quem vai em busca do jogador é outro. Isso evita que haja um jogo de interesse. É uma mudança que vamos fazer na estrutura. Vamos retirar algumas atribuições de um “hiper-poderoso diretor de futebol” que centraliza todas as decisões. Ele não vai mais definir sozinho.

Em sua declaração, Landim afirmou que uma de suas metas é que haja uma espécie de “descentralização” do poder.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget