Neto coloca Renê e Paquetá, do Flamengo, na Seleção do Brasileiro

CRAQUE NETO 10: Aí galera que me acompanha no Blog, eu sei que as festas de 'jabás' da CBF com a Globo e de outras emissoras vão acontecer a partir da próxima segunda-feira, mas eu vou antecipar aqui - antes desta última rodada que não vale nada - a minha Seleção do Brasileirão 2018. Depois comente deixando a sua!

Marcelo Grohe (Grêmio) - Apesar de não jogar o campeonato inteiro por causa da disputa da Libertadores, pra mim foi o goleiro mais regular da competição. Tem grande mérito na força defensiva do time do Renato.

Fágner (Corinthians) - É verdade que o Timão foi uma lástima nesse campeonato. Mas quem observa os jogos dele não tem dúvida de que se trata ainda do melhor do País na ala pela direita. Marca e ataca com a mesma capacidade.

Renê em Flamengo x Atlético-PR - Foto: Gilvan de Souza
Gustavo Gomez (Palmeiras) - Esse foi um grande achado do executivo Alexandre Mattos. Encostado no Milan, o paraguaio veio e brilhou na defesa alviverde. Considerado inicialmente reserva, foi colocado no Brasileirão por Felipão e acertou a zaga. Baita jogador!

Geromel (Grêmio) - Não dá pra negar que esse rapaz vem sendo uma referência de bom defensor. Não à toa foi convocado por Tite para a última Copa. Tem velocidade, técnica e um grande poder de antecipação. Posicionamento monstro!

Renê (Flamengo) - Do instável time rubro-negro o lateral foi o mais regular. Atuações que contribuíram e muito para os cariocas pelo menos conseguirem uma vaga na Libertadores. Imaginem se o vice-campeão tivesse dado um gás, hein?

Rodrigo Dourado (Inter) - Ele é um jovem de muita disposição que controlou com eficiência não só a marcação nas beiradas da área colorada como também soube distribuir bem na saída de bola. Gosto desse rapaz. Terá um tremendo futuro na Seleção.

Bruno Henrique (Palmeiras) - Jogando de segundo volante foi um dos grandes nomes do campeonato. Tem uma capacidade técnica diferenciada e consegue aparecer na frente para marcar gols. Fez 8 sempre aparecendo bem e com chute potente e colocado.

Lucas Paquetá (Flamengo) - Jovem que surgiu no ano passado e amadureceu muito. De passadas largas soube como poucos executar a função de terceiro homem de meio campo. Aliás, muitas vezes jogou como uma espécie de segundo volante dando fluidez ao jogo. É muito bom e será craque pelo mundo em breve.

De Arrascaeta (Cruzeiro) - Pra mim esse uruguaio é o cérebro do time do Mano Menezes. Tem uma técnica apurada e velocidade que fazem dele um homem surpresa. Ao lado de Thiago Neves foram uma dupla de armação poderosa a serviço da Raposa.

Dudu (Palmeiras) - Craque do Brasileirão. Disparado na minha visão o melhor jogador do País. Aliás ele é a alma do Palmeiras. Jogador agudo que vai pra cima da defesa com uma baita disposição. Incansável. De quebra ainda mais gols decisivos.

Gabigol (Santos) - Único jogador de destaque em um desacreditado e desmotivado Santos. Fez 18 gols como artilheiro do Brasileirão e é o único jogador até hoje a ser goleador dos dois principais campeonatos do País. Tem técnica, velocidade e grande poder de definição.

Técnico: Renato Gaúcho (Grêmio) - Renovou com os gaúchos e pra mim acertou. Graças a sua competência ele elevou sua categoria de treinador no País. Hoje ele é Top e mesmo com uma equipe reserva na maioria dos jogos, conseguiu fazer um bom campeonato. Deve ser o substituto natural do Tite na Seleção Brasileira.

De passadas largas soube como poucos executar a função de terceiro homem de meio campo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget