Abel Braga rasga elogios à torcida do Flamengo: "Não é normal"

COLUNA DO FLAMENGO: Ano novo, vida nova. Dessa forma começou a temporada do Flamengo. Nesta quarta-feira (02), o clube apresentou Abel Braga como novo treinador, no Centro de Treinamento Ninho do Urubu. Ao lado do diretor de futebol Carlos Noval e do gerente Paulo Pelaipe, o comandante colocou a torcida rubro-negra como um dos principais fatores de convencimento para que chegasse ao Fla, chegando a ler papéis com dados de média de público durante a entrevista.

— Algumas coisas bem relevantes. Uma está aqui. Você poderia estar pensando que é número de jogadores, plantel, mas o Flamengo tem a maior media de público pagante dos últimos 31 anos. Isso diz alguma coisa. Isso está mostrando bem o tamanho, o peso e a grandeza desse clube. E isso é desafio. Todo mundo adora, eu adoro. Eu venho com fome, é extremamente importante poder dar algo mais ao Flamengo -, disse “Abelão”, que também promete uma busca maior de identidade dentro da equipe, aumentando o elo com a torcida.

Abel Braga, técnico do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
— Eu não gosto de promessa porque é muito usual. Essa identidade eu conheço. Tem que haver uma identidade maior. Tem que ser maior. Nao é normal todo ano começar com favoritismo e depois quando tem que vencer, alguma coisa não corre bem, falha. Vamos ter que descobrir. O que eu quero que o torcedor saiba é que vou tentar identificar uma situação que acontece na arquibancada para levar para o campo. Quando passa anos jogando contra, você entende como é -, completou.

Durante a entrevista coletiva concedida no CT, alguns nomes de possíveis reforços foram citados pelos jornalistas presentes, além de algumas situações indefinidas quanto à peças do atual elenco, como Diego Ribas e Trauco. Sobre a expectativa por contratações por parte da torcida, Abel tranquilizou ao afirmar que nomes virão, além de ressaltar novamente a paixão dos rubro-negros.

— No Flamengo qualquer coisa se triplica. Tem que ter jogo de cintura grande, inteligência. Levar esse clube ao patamar que chegou de estabilidade. O torcedor pode ter certeza que virá jogador, pode ser questão de um dia, uma hora. Se está trabalhando muito, porque a gente crê que precisamos ter um pouco mais de identidade. Não é normal um time colocar 60 mil no estádio na última rodada em que não valia nada. Nós somos obrigados a ter uma identidade muito grande com isso. Sabendo o peso que essa camisa representa -, finalizou.

Abel tranquilizou ao afirmar que nomes virão, além de ressaltar novamente a paixão dos rubro-negros.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget