Assédio do Flamengo em Dedé irrita o Cruzeiro

EXTRA GLOBO: A insistência do Flamengo em contar com o zagueiro Dedé em 2019 irrita o Cruzeiro. O clube da Gávea tem uma oferta em mãos para apresentar aos mineiros, como já informado, mas a diretoria celeste insiste em não fazer negócio. Mesmo com investidores que detêm boa parte dos direitos do jogador animados com a possibilidade.

Segundo o SporTV, o Flamengo fará uma oferta de cerca de R$ 30 milhões pelo defensor até segunda-feira. O clube não confirma. O vice de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, no entanto, deu novo recado sobre a manutenção de Dedé.

- Investidor não manda no Cruzeiro. E no caso do Dedé a FIFA determina que ao vencer os contratos após 2015 não será mais reconhecido direito econômico de terceiros - recorda.

Foto: Gilvan de Souza
O Flamengo, por sua vez, aguarda o desenrolar das tratativas em Minas Gerais. Assim como Dedé. Representantes do jogador afirmam que ele vai se apresentar normalmente ao Cruzeiro para o início da pré-temporada.

Caso a negociação não se concretize, o Flamengo segue atrás de um nome para a posição. Gustavo Henrique, zagueiro do Santos de 25 anos, agrada à diretoria rubro-negra e ao técnico Abel Braga. Mas há concorrência de clubes brasileiros pelo atleta, que sairia mediante compra inicialmente.

Nesta tarde, o Cruzeiro emitiu nota em que reitera não ter intenção de negociar o zagueiro. Confira abaixo:

"Em razão das inúmeras matérias veiculadas em sites esportivos, o Cruzeiro Esporte Clube vem a público dar uma resposta à sua imensa torcida sobre a situação de Dedé. O zagueiro, que tem contrato até o dia 31 de dezembro de 2021, se reapresenta nesta quinta-feira, na Toca da Raposa 2, para início da pré-temporada do Clube.

Ao contrário de notícia veiculada pelo site globoesporte.com, não há nenhuma negociação em andamento envolvendo a transferência do jogador. Há cerca de 15 dias, o Cruzeiro informou ao Flamengo que não tem interesse em negociar o defensor, que teve sua multa contratual reajustada para R$330 milhões para transferência nacional e internacional.

O Clube esclarece ainda que não vem recebendo pressão de investidores para a liberação do atleta, uma vez que a FIFA, por meio da Circular no. 1464, inseriu no Regulation on The Status and Transfer of Players (RSTP) de 2015 o artigo 18ter, vetando, a partir de 1 de maio de 2015, a participação de terceiros nos direitos econômicos dos atletas de futebol. A entidade máxima do futebol não mais reconhece esta participação em contratos renovados após essa data, como é o caso de Dedé".

Mesmo com investidores que detêm boa parte dos direitos do jogador animados com a possibilidade.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget