Dorival Jr tem o 23º melhor aproveitamento nos Pontos Corridos

O GLOBO: Dorival Júnior, anunciado pelo Flamengo na tarde desta sexta-feira, é o quarto que mais partidas comandou na era dos pontos corridos do Brasileiro (que começou em 2003). Segundo o site Infobola, o treinador tem no currículo, 402 partidas no torneio. À frente dele estão apenas do recordista Cuca, com 449, Vanderlei Luxemburgo, 448, e Muricy Ramalho, 441.

O aproveitamento, no entanto, de Dorival é de apenas 1,48 ponto por jogo, o que o deixa na 23ª colocação entre os técnicos na era dos pontos corridos. Já o demitido Mauricio Barbieri, em sua primeira temporada na elite do Brasileiro, está em 3º na lista, com aproveitamento de 1,85 ponto por partida (foram 26).

Só ano passado, Dorival comandou dois clubes: apenas quatro jogos à frente do Santos, no início do Brasileiro, com três pontos ganhos e aproveitamento de 0,75/partida, o seu pior na era dos pontos corridos. Depois, foi para o São Paulo, onde obteve a média de 1,5/jogo: foram 39 pontos em 26 jogos. Na ocasião, o tricolor do Morumbi terminou em décimo e acabou de fora até mesmo da pré-Libertadores.

Dorival Júnior é o novo técnico do Flamengo e desembarca em Salvador nesta sexta-feira, véspera do confronto contra o Bahia, pelo Brasileiro. Ele chegará ao clube com os auxiliares Lucas Silvestre e Leonardo Porto. pic.twitter.com/2MwpezCGPY

Em 2005, o técnico dirigiu o Juventude em apenas quatro jogos, com seis pontos ganhos e média de 1,5/partida.

Abaixo, todas as campanhas de Dorival na era dos pontos corridos, segundo o Infobola:

2003 - Figueirense - 1,62/jogo (21 pg em 13j)

2004 - Figueirense -1,37/jogo (63 pg em 46j)

2005 - Juventude - 1,5/jogo (6 pg em 4j)

2006 - São Caetano - 1,11/jogo (10 pg em 9j)

2007 - Cruzeiro - 1,58/jogo (60 pg em 38j)

2008 - Coritiba - 1,39/jogo (53 pg em 38 j)

2010 - Atlético-MG - 1,71/jogo (24 pg em 14 j) e Santos - 1,59/jogo (35 pg em 22 j)

2011 - Internacional - 1,68/jogo (37 pg em 22 j) e Atlético-MG - 1/jogo (15 pg em 15 j)

2012 - Flamengo - 1,3/jogo (35 pg em 27 j) e Internacional - 1,6/jogo (16 pg em 10 j)

2013 - Fluminense - 2/jogo (10 pg em 5 j) e Vasco - 1,04/jogo (26 pg em 25 j)

2014 - Palmeiras - 1,15/jogo (23 pg em 20 j)

2015 - Santos - 1,85/jogo (48 pg em 26 j)

2016 - Santos 1,87m (71 pg em 38 j)

2017 - São Paulo - 1,5/jogo (39 pg em 26 j) e Santos - 0,75/jogo (3 pg em 4 j)

Abaixo, os 37 melhores técnicos (por média) nos pontos corridos:


Já o demitido Mauricio Barbieri, em sua primeira temporada na elite do Brasileiro, está em 3º na lista.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget