Gramado do Maracanã é tratado para Flamengo x Corinthians

GLOBO ESPORTE: "Lamentável", definiu Zé Ricardo. "Muito ruim", afirmou Marcelo Oliveira. Para Mauricio Barbieri, o gramado tem contribuído com a queda da qualidade do espetáculo. O alvo do fim de semana, no futebol carioca, foi novamente o gramado do Maracanã.

O campo do antigo maior do mundo passa por novo tratamento para melhoria das condições de jogo. A aplicação de areia - chamada de top dresser, técnica usada para nivelamento das imperfeições da grama - começou na terça-feira e geralmente leva quase uma semana para fazer efeito. No período de tratamento, a areia fica visível. O resultado prático deve ser sentido na quarta-feira para o duelo da primeira semifinal da Copa do Brasil, entre Flamengo e Corinthians, às 21h45.

Jogadores do Flamengo comemorando gol contra a Chapecoense - Foto: Gilvan de Souza
O duelo entre cariocas e paulisas será o 6º jogo nos últimos 11 dias - excesso de jogos que se repete no principal do futebol do Rio de Janeiro. Em nota, no fim do mês de agosto, a Concessionária Maracanã se defendia das críticas informando que estava realizando a troca de 1.500 m2 de grama, além de apresentar a seguinte estatística: 12 jogos em 23 dias, somado "à temperatura amena que prejudicou o crescimento da grama de inverno, sobrecarregando a grama de verão."

Investimento para 2019

Está previsto para outubro nova troca de trechos do gramado do Maracanã. Ao longo de 2018, já foram mais de 50 partidas no estádio - a Greenleaf, empresa que cuida do gramado, costuma comparar a quantidade de jogos em outros lugares, como no Camp Nou, do Barcelona, que não recebe 30 partidas numa temporada. Até o fim do ano o Maracanã deve passar de 70 jogos - a maior parte deles espremidos entre os meses de março e novembro.

Para o ano que vem, o Consórcio Maracanã deve retomar investimento no cultivo da grama numa fazenda no interior do Rio de Janeiro, na cidade de Saquarema. O que foi feito para a Copa do Mundo de 2014. Nos últimos dias, a Greenleaf recebeu a encomenda de lâmpada artificial, que serve para ajudar no crescimento da grama.

A lista de seis jogos nos últimos 11 dias no Maracanã:

01/09 - Vasco x Santos

02/09 - Flamengo x Ceará

06/09 - Fluminense x Vitória

08/09 - Flamengo x Chape

09/09 - Fluminense x Botafogo

12/09 - Flamengo x Corinthians

O que eles disseram sobre o gramado:

Maurício Barbieri, técnico do Flamengo:

"O gramado não contribuiu para nosso tipo de jogo. Os adversários também reclamaram bastante. Isso nos atrapalhou muito, principalmente para quem busca o último passe."

Zé Ricardo, técnico do Botafogo:

"Lamentável, essa é a palavra que tenho para expressar."

Marcelo Oliveira, técnico do Fluminense:

"Embora o Fluminense seja parceiro do Maracanã, como têcnico tem de reclamar. O campo está muito ruim. Tem vezes que cruzamento não sai ou uma bola não é dominada por conta do campo. Todos observam isso e alguma providência precisa ser tomada. O estádio é maravilhoso e precisa de um gramado bom."

Jadson, jogador do Fluminense:

"Tem parte do gramado que nem grama tem. É difícil, um estádio histórico desse, um ponto turístico da cidade, tanta gente jogou aqui, mal cuidado dessa maneira."

A grama do Maraca tem recebido alguns ajustes, mas, dessa vez, passa por uma espécie de aplicação de areia, a qual é chamado de ‘top dresser‘.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget