Calma Diego Alves, você não é tudo isso

ESPN FC: Por João Luis Jr.

Foram vários os motivos da torcida rubro-negra para festejar a chegada de Diego Alves no meio do ano passado. Primeiro por ser um goleiro de seleção, que vinha jogando em alto nível já há alguns anos no futebol europeu. Depois por ser um exímio pegador de pênaltis, famoso por já ter defendido cobranças de Messi e Cristiano Ronaldo. E por fim porque, quando o titular é Muralha vivendo a sua pior fase, mesmo se a diretoria do seu clube contratar pro gol uma batata com bracinho de palito você vai pensar “bem, acho que pode ser o caso de dar chance pra esse tubérculo, vai que ele tem jeito pra coisa?”.

E não é que Diego Alves não tenha se mostrado uma boa contratação. Em seu primeiro ano e meio de Flamengo ele fez boas partidas, se mostrou um líder dentro e fora de campo, até mesmo pegou alguns pênaltis, ainda que a torcida tenha tido que lidar com a realidade de que um goleiro ser um bom pegador de pênaltis não quer dizer que ele vá pegar todos os pênaltis – por mais que Muralha tenha nos ensinado que um goleiro que não é um bom pegador de pênaltis vai sim conseguir não pegar nenhum pênalti.

Foto: Divulgação
Mas é preciso admitir que apesar de sua regularidade, liderança e de seu papel essencial de gritar com a nossa defesa que a cada gol parece apenas desistir da vida e querer abandonar o campo, Diego Alves não é exatamente um fora de série. É um bom goleiro, claro, faz boas defesas, com certeza, mas com que frequência Diego costuma salvar o Flamengo, mudar o rumo das partidas, ser um diferencial claro no resultado dos jogos, como consegue ser, por exemplo, Fábio para o Cruzeiro? Se você pensar bem, você vai notar que não com tanta frequência.

E esse é um dos motivos que tornam tão complicado entender a atitude do goleiro, que aparentemente se recusou a viajar para o jogo contra o Paraná ao ser informado de que o titular na partida seria César, o goleiro reserva que surgiu do nada para tentar nos salvar na reta final da Sulamericana do ano passado.

Complicado de entender pela razão óbvia e prática de que ele estava sendo muito menos barrado do que poupado. Voltando de lesão e diante do lanterna do campeonato, era totalmente compreensível que Dorival poupasse seu titular para a partida decisiva contra o Palmeiras, neste sábado, e desse ao reserva tempo de jogo contra um adversário mais fraco cujo ataque provavelmente não representaria muito perigo. Por mais que eu não tenha muita confiança no nosso atual treinador, é complicado ver qualquer coisa de absurda ou desrespeitosa numa decisão como essa.

E também pela razão simbólica de que, bem, se Diego Alves queria ter qualquer ataque de estrelismo e exigir a titularidade imediata mais um camarim com 200 toalhas brancas e 100 kg de MM mas só do vermelho, ele obviamente escolheu a pior hora possível, prejudicando o clima no grupo e no clube num momento em que o Flamengo parece estar crescendo e se tornando um candidato real na briga pelo título brasileiro. Como disse o outro Diego, também barrado após voltar de lesão, o bem do Flamengo é muito mais importante do que qualquer titularidade. E isso vale para qualquer jogador, independente de quanto ele ganha, de onde ele veio, de quantos pênaltis do Messi ele pegou.

Ao que tudo indica resta agora, ao menos até o final da temporada, confiar em César, o jovem goleiro que vem se habituando a ser retirado da cama no meio da noite pra tirar o Flamengo de situações complicadas porque alguém se machucou, morreu, brigou, foi atropelado. César já se provou um goleiro fora de série, um Yashin de vermelho e preto? Não que a gente saiba. Mas quem conhece o Flamengo sabe que são exatamente os jogadores da base, com identidade flamenguista, que tem a exata dimensão do tamanho do clube e nos levaram às nossas maiores conquistas. Que César aproveite essa chance para se tornar mais um nessa lista.

O jovem goleiro que vem se habituando a ser retirado da cama no meio da noite pra tirar o Flamengo de situações complicadas.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget