Diego Alves não joga mais em 2018. Flamengo aguarda propostas

RESENHA DA BOLA: POR GUILHERME ABRAHÃO

Os atos de indisciplina do goleiro Diego Alves não ficará barato para o goleiro. A direção, juntamente com a comissão técnica, decidiram que o camisa 1 seguirá de fora do plantel e dificilmente atuará com a camisa rubro-negra em 2018. Como o Rubro-Negro vive um ano eleitoral, a diretoria inclusive não sabe se o arqueiro tornará a atuar pela equipe. A ideia de rescisão contratual foi amplamente debatida, mas o Flamengo resolveu se preservar.

Isto porque o clube arcou com altos valores na época da contratação de Diego Alves, junto ao Valencia, da Espanha, e não quer sair no prejuízo. Por ser um ativo do clube, e com bom potencial de mercado, a diretoria sabe que o goleiro ainda pode ser negociado por uma compensação financeira. De qualquer maneira, Diego continuará treinando no Ninho do Urubu, separado, por ora, do time principal, e recebendo normalmente seus vencimentos, que estão em torno de R$ 600 mil.

Foto: Gilvan de Souza
Apesar de estar vivendo um temporada segura, Diego Alves foi questionado também pela cúpula de futebol e em últimas reuniões, devido a pequenas falhas, na visão dos mesmos, em confrontos decisivos, como na partida da semifinal da Copa do Brasil diante do Corinthians.

Com Ricardo Lomba, atual vice de futebol, candidato a presidência do Flamengo, a diretoria quer dar os passos certos para se manter no comando do clube. Entre as pautas, a situação de Diego Alves.A cúpula optou pelo afastamento para não criar um clima ruim dentro do elenco, que vem subindo de forma gradativa e está de volta na briga do título brasileiro. A diretoria sabe que a conquista do nacional pode ser fator determinante nas eleições e por isso a retirada de Diego foi vista como primordial.

Recem-chegado, Dorival Júnior acatou a decisão, já que ainda não teve a oportunidade de ver Diego Alves em ação, seja nos treinamentos ou em alguma partida. Além disso, o bom desempenho de Cesar, que sequer foi vazado até aqui com o novo treinador, foi essencial para a escolha, com respaldo da diretoria.

Ao que tudo indica, mesmo com Dorival com futuro incerto para 2019, Diego Alves não deve mais seguir no Rubro-Negro. Ponto para César, que enfim pode conquistar a posição de titular na meta do Fla, aos 26 anos.

Por ser um ativo do clube, e com bom potencial de mercado, a diretoria sabe que o goleiro ainda pode ser negociado por uma compensação financeira.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget