Eduardo Bandeira teve menos votos que média de público do Fla

ESPN: Filiado ao partido Rede Sustentabilidade, o mesmo de Marina Silva, Eduardo Bandeira de Mello, atual presidente do Flamengo, não foi eleito como deputado estadual pelo Rio de Janeiro.

O candidato conseguiu cerca de 38.500 mil votos, mas não foi o suficiente para uma vaga em Brasília. Esse número, se comparado a capacidade de público do Maracanã, que é de 78.838 mil, não consegue encher nem metade do estádio.

Apesar do Brasil contar com 32,5 milhões de flamenguistas, vale lembrar que nem todos moram ou votam no Rio de Janeiro. Desta maneira, Bandeira de Mello não pôde contar com a sua torcida para vencer na política, até porque a sua candidatura dividiu águas no clube.

Foto: Divulgação
Eleito em 2012 e 2015, o cartola foi alvo de algumas polêmicas, por conta de sua passividade quanto às eliminações da equipe nos campeonatos, mas também foi responsável por uma grande recuperação financeira – em 2013, o Rubro-Negro tinha uma dívida de quase R$ 700 milhões.

Desde então, eles voltaram a arrecadar com bilheterias, programa sócio torcedor e foram de um dos clubes com maior crise no Brasil para um dos mais ricos, fazendo um grande investimento em elenco, mas sem trazer resultados, o que acabou por gerar uma grande insatisfação quanto ao presidente.

Com seu mandato chegando ao fim, ele escolheu Marcelo Lomba como seu sucessor de chapa, passando a pleitear um posto na política brasileira.

Apesar do Brasil contar com 32,5 milhões de torcedores do Flamengo, vale lembrar que nem todos moram ou votam no Rio de Janeiro.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget