Lance elege Dorival e Uribe os melhores de Paraná 0 x 4 Flamengo

LANCE: Sem dificuldades, o Flamengo aplicou 4 a 0 no Paraná, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe rubro-negro teve destaques de quem começou a partida, casos de Uribe e Lucas Paquetá, como quem saiu do banco, os casos de Diego e Dourado. Uma partida em que o coletivo foi importante para o resultado.

Confira as notas do LANCE!
(Felippe Rocha)

6,5 - César
Num jogo em que praticamente não foi exigido, quando necessário o goleiro esteve concentrado para garantir mais um jogo sem levar gol.

Fernando Uribe, do Flamengo - Foto: Staff Images
6,5 - Pará
Equilibrado entre o apoio ao ataque e a cobertura na marcação, teve atuação tranquila diante de um adversário frágil.

6,5 - Léo Duarte
Nova partida segura do mais novo dos defensores do Rubro-Negro. Em que pese o fraco time rival, esteve firme no combate.

6,5 - Réver
Sem precisar de grande exposição, o capitão também foi firme. Rafael Grampola era o principal alvo, mas não conseguiu fazer gol.

6,5 - Renê
Praticamente sem ter quem marcar, ajudou na saída de bola e no início das jogadas rubro-negras. Foi pouco ao fundo, mas não foi preciso.

6,0 - Cuéllar
Apesar de não ter prejudicado, esteve levemente abaixo do nível dos companheiros de time. Mas segue importante na contenção aos rivais.

7,0 - Willian Arão
Com ampla liberdade, ajudou na criação do segundo gol. Além de ter sido competente na marcação, principalmente no lado direito.

7,0 - Lucas Paquetá
Ajudou na saída de bola e ainda foi premiado com um gol de oportunismo: o tento que abriu o caminho para a goleada.

6,5 - Everton Ribeiro
Atuação competente contra adversários que precisaram estar totalmente voltados à marcação até o primeiro gol.

7,5 - Uribe
Grande atuação do centroavante. Diante de uma marcação deficiente, deu uma assistência e, em seguida, marcou ele mesmo um gol.

7,0 - Vitinho
Uma boa jogada no primeiro tempo e, no segundo, fez valer a fama de bom finalizador com um chute inapelável para ampliar o placar.

7,0 - Diego
Entrou no segundo tempo e teve atuação intensa. Tanto que contribuiu para o gol de Henrique Dourado.

6,0 - Geuvânio
Teve oportunidade, mas não a aproveitou como os outros que entraram no segundo tempo no Flamengo.

7,0 - Henrique Dourado
Encerrou jejum de dois meses e fez valer a participação. Fez o que se espera de centroavante: aproveitou a chance.

7,5 - Dorival Júnior
A equipe fez ser muito fácil uma partida que já se adivinhava tranquila. Os quatro gols comprovam a seriedade durante toda a partida.

SOBE DESCE - PARANÁ

REFERÊNCIAS
Em meio à gigantesca fragilidade que a pontuação comprova, o Paraná tem atacantes que dão alento. Silvinho, quando pôde, mostrou talento; Rafael Grampola, por sua vez, fez os zagueiros correrem atrás, apesar de ter tido poucas oportunidades. O goleiro Richard, apesar dos quatro gols sofridos, fez uma grande defesa. O que foi possível.

QUE DEFESA?
O número de gols sofridos na partida deste domingo – e no campeonato como um todo – comprova que a retaguarda do Paraná é mesmo um grande problema. A equipe tentou, com linhas baixas no início do jogo, resistir. Não houve sucesso, e o cenário só piorou na segunda etapa. Individual e coletivamente, a equipe foi facilmente envolvida pelo Flamengo.

A equipe fez ser muito fácil uma partida que já se adivinhava tranquila. Os quatro gols comprovam a seriedade durante toda a partida.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget