O Flamengo tem que ser respeitado

FALANDO DE FLAMENGO: Por Thiago Nascimento

O Clube de Regatas do Flamengo foi fundado em 1985. E de lá para cá, essa agremiação tem conquistado o respeito e a admiração de toda a comunidade do futebol mundial. Não à toa, o clube possui a maior torcida do Brasil e da América Latina. E esse fato por sí só, já é o suficiente para que qualquer stalkeholder incluso no mundo do futebol, tenha no mínimo, uma postura de cordialidade e dignidade para com a instituição Rubro Negra.

Ao longo desses 122 anos 11 meses e mais alguns dias, o Flamengo se consolidou como um clube esportivo que se popularizou por conta de diversos fatores esportivos e sociais. E entre esses fatores, podemos incluir também, o respeito do clube para com as demais agremiações, entidades (esportivas ou não) e em especial… o respeito para com todos os torcedores (sejam Rubro Negros(as) ou não).

Foto: Gilvan de Souza
E todo esse conjunto de fatores, fez com que o clube Mais Querido do Brasil se tornasse uma instituição que tenha como o seu Norte, o respeito pelos os indivíduos. Portanto, todas as pessoas que de alguma forma, representam o Flamengo de forma oficial, precisam respeitar os demais indivíduos (dentro e fora da instituição).

O respeito é base de qualquer relacionamento. Seja um relacionamento pessoal, seja um relacionamento profissional… acabou o respeito: então acabou a relação.

Seja dirigente, atleta ou qualquer outro indivíduo que vista o Manto Rubro Negro, a palavra “Respeito” deve ser o seu Norte enquanto profissional do Flamengo.

A História do Flamengo, é cheia de exemplos que corroboram o que foi dito no parágrafo anterior. E entre os jogadores que sempre foram exemplos positivos para todos aqueles que atualmente vestem e para todos aqueles que vierem a vestir a camisa do Flamengo, estão Zico (O maior jogador da História do Flamengo), Leandro, Rondinelli, Júnior e mais uma lista extensa de atletas que representaram o clube com profissionalismo, amor, dedicação integral e com muito respeito para com os seus colegas de clube e principalmente, para com a torcida do Flamengo.

Há alguns anos, Ronaldo Angelim disse que a sua vaidade era ver o Flamengo vencer. Não por acaso, esse atleta conquistou diversos títulos pelo Flamengo. Além disso, o zagueiro Rubro Negro fez o gol histórico que deu ao clube o título de Campeão Brasileiro de 2009. É por essas e outras… que Ronaldo Angelim entrou para a galeria Histórica de ídolos do Clube de Regatas do Flamengo.

Portanto, penso que, se algum jogador não respeitar os demais profissionais do clube (sejam eles… jogadores, membros da comissão técnica, dirigentes ou qualquer outro colaborador), esse profissional não pode continuar no clube.

Vale lembrar… que a torcida do Flamengo é motor do clube. Portanto, ela merece ser respeitada. Afinal de contas… é por conta dela, que o Mais Querido é uma agremiação linda, fantástica e inigualável no futebol brasileiro e no futebol ao redor do mundo.

Aliás… profissionais que possuem esse perfil/histórico profissional, jamais devem (ou deveriam) ser cogitados para trabalharem no Maior Clube do Brasil.

O Flamengo está acima de todos. E esse lema será imutável para todo sempre.

Abraços e até a próxima!

** E aí, gostou do texto? Então me siga Twitter através do endereço @t_nascimentorj e deixe a sua sugestão, crítica ou elogio.

Saudações Rubro Negras.


Seja dirigente, atleta ou qualquer outro indivíduo que vista o Manto Rubro Negro, a palavra “Respeito” deve ser o seu Norte.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget