Os 17 questionamentos sobre negociações de Paquetá e Vitinho

ESPN: São aguardadas para os próximos dias as respostas da gestão de Eduardo Bandeira de Mello para as 14 perguntas feitas pelo presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches, sobre a venda de Paquetá e a compra dos direitos de Vitinho .

Muitas das respostas já foram dadas ao longo da última semana, em especial na coletiva de imprensa feita por Bandeira, o diretor-geral, Bruno Spindel e o vice de futebol, Ricardo Lomba. A situação vê o movimento como político, uma vez que o presidente do Conselho é vice na chapa de oposição.  Dunshee preferiu não falar com a reportagem, alegando que o processo corre em sigilo.

Lucas Paquetá e Vitinho no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Farão parte da comissão, instaurada na última quarta-feira, mesmo dia da coletiva de imprensa: Artur Rocha Netto, William Pereira dos Santos e Eduardo Bezerra Carreirão da Silva.

Entre os questionamentos, está o primeiro contrato de Paquetá com o Flamengo, em 2013, quando o atleta completou 16 anos.

Veja o que se questiona a respeito das transações:

a) Por que o flamengo só detém 70% dos direitos federativos de Paquetá?
b) Em que condições o Flamengo abriu mão do percentual de 30% do referido atleta?
c) Houve contraprestação para o Flamengo pela cessão de 30% do referido atleta para terceiros? É justificável essa cessão?
d) Houve pagamento de comissão a empresários no caso do atleta Paquetá? O(S) empresário(s) firmo instrumento renunciando à percepção de qualquer remuneração  pela mediação útil?
e) Qual a natureza jurídica da alienação de direitos federativos para entrega futura, com recebimento antecipado no ano em curso, antes da abertura da janela de transferência?
f) Há antecipação de recebível que seria devido em momento futuro?
g) Há invasão de mandato futuro?
h) Pode ser considerado o recebimento de valor inferior a multa como renúncia ou desconto, nos termos do art. 145?
i) Nesta data, em que feita a alienação, a execução orçamentária respeitava o estatuto, ex vi do artigo 146 (3% para mais ou menos do orçado)?
j) Poderia ser considerado sem autonomia o Conselho Diretor (artigo 146)?
k) Foi obedecido o orçamento do clube nas duas transações?
l) Há comissão paga no caso da venda do atleta Vitinho ou qualquer pagamento vinculado a essa operação feito pelo Flamengo, além do valor da transação?
m) O clube que alienou os direitos federativos do atleta Vitinho assumiu obrigação de pagar comissão?
n) Esclareçam tudo mais que julguem relevante

Entre os questionamentos, está o primeiro contrato de Paquetá com o Flamengo, em 2013, quando o atleta completou 16 anos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget