Presidente do Flamengo fica longe de ser eleito Deputado Federal

COLUNA DO FLAMENGO: Não podendo se reeleger para a presidência do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello se candidatou a Deputado Federal pelo Rio de Janeiro e obteve 31.459 votos, mas não conseguiu ser eleito para o cargo. A candidatura do atual mandatário gerou uma série de polêmicas na Gávea, uma vez que teria compromissos referentes à campanha ao mesmo tempo em que ocupava o mais alto cargo do Rubro-Negro.

O candidato apareceu em diversas oportunidades enaltecendo a sua gestão como presidente do Fla, o que é proibido pelo estatuto do clube. No dia 31 de agosto, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) enviou agentes para tentar encontrar materiais de propaganda eleitoral na sala do cartola, dentro da sede do clube. Por fim, nada foi achado, e um dos fiscais aproveitou a ocasião para tirar uma foto com o cartola.

Eduardo Bandeira foi candidato a Deputado Federal - Foto: Divulgação
Bandeira de Mello escolheu o seu sucessor para disputar as eleições do Flamengo pela chapa da situação. Trata-se de Ricardo Lomba, atual vice-presidente de futebol do clube. O dirigente, no entanto, tem como principal concorrente Rodolfo Landim, que lidera a intenção de votos dos sócios do Fla. Marcelo Vargas e José Carlos Peruano completam a lista de candidatos à presidência.

Bandeira de Mello escolheu o seu sucessor para disputar as eleições do Flamengo pela chapa da situação.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget