Uribe devolve a esperança do Flamengo

BRUNO VOLOCH: O Flamengo passeou no Maracanã contra um frágil e inofensivo Fluminense, viu Uribe finalmente desencantar e encostou de vez no Palmeiras.

Dorme como vice-líder e está mais do que nunca na briga pelo título. Resultado justíssimo, merecido e que trouxe de volta o inevitável ‘cheirinho’ entre os torcedores.

Dorival Junior não é mágico e Barbieri não era o único culpado. Coincidência ou não, fato é que com o novo técnico e sem Diego, o Flamengo dá sinais de recuperação e lembra a boa fase do primeiro terço do campeonato.

Jogadores do Flamengo comemorando gol contra o Fluminense - Foto: Gilvan de Souza
Ainda que não tenha tido tempo suficiente para mudar taticamente o time, percebe-se claramente um Flamengo mais inteiro, arrumado, sem levar gols desde a chegada de Dorival e mais motivado em campo.

O jogo contra o Paraná, virtualmente rebaixado, na próxima rodada é tão ou mais importante que os confrontos diretos com Palmeiras e São Paulo que virão na sequência.

O Flamengo dá sinais de recuperação e lembra a boa fase do primeiro terço do campeonato.

Postar um comentário

[facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget