Wilson Witzel promete rever a concessão do Maracanã

COLUNA DO FLAMENGO: Wilson Witzel, do Partido Social Cristão (PSC), foi eleito governador do estado do Rio de Janeiro, neste domingo (28). Ao vencer Eduardo Paes, do Democratas (DEM), na corrida eleitoral, o juiz inicia o mandato no primeiro dia de 2019. Um dos problemas a serem resolvidos pelo estado, envolve diretamente o Flamengo. Trata-se do Maracanã, motivo de discussão por conta da atual gestão, que vem dificultando a vida dos clubes. Witzel tem planos de rever a concessão.

— A concessão do Maracanã foi mal feita. Esse governo que saiu fez a promessa de destruir o Célio de Barros, tirar aquela parte da aldeia Maracanã, e não cumpriu o contrato. A empresa que assumiu se sentiu traída. E agora também descobriu corrupção. O Tribunal de Justiça anulou o contrato. Então temos que ver a situação jurídica para fazer novamente uma concessão. O estado não deve ficar. Quem tem que cuidar dessa parte esportiva são os clubes de futebol e quem tem dinheiro para manter o Maracanã, fazer ele funcionar mais. Nos outros estádios do mundo, além do futebol, tem vários shows, então otimiza o espaço — disse em entrevista à Band.

Foto: Divulgação
O caso da Aldeia Maracanã será discutido novamente. Em contato com a reportagem do jornal Lance!, Witzel afirmou:

- É bem provável que nós possamos colocar isso em discussão para que aquela região toda seja efetivamente usada de forma útil. Os destinos do Célio de Barros e Júlio Delamare devem ser os mesmos, já que o novo governador do Rio entende que as áreas, hoje, são mal aproveitadas e poderiam render de uma forma melhor.

Quanto ao Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios), Witzel tem uma visão de aproximação. Ele revelou já ter conversas com algumas torcidas organizadas durante a campanha: “Vejo que nossas torcidas organizadas precisam de uma ajuda para se educarem”. Trabalhos sociais estão nos planos para uma maior interação com os tradicionais grupos de apoio às equipes cariocas.

Paulista e corintiano de coração, Witzel tem na vida ligações com os esportes. O pai foi goleiro do XV de Piracicaba, enquanto ele chegou a agarrar no time infantil do Marília. Além disso, foi campeão de arremesso de peso na Marinha, além de jogar basquete também como militar. Hoje, apenas mantém a corrida como atividade física.

Derrotado, Paes chegou a se aproximar da diretoria rubro-negra nos últimos dias de campanha, tendo visitado a Gávea. Em vídeo publicado nas redes sociais, declarou, que caso eleito, iria recolocar Flamengo e Fluminense como protagonistas no Maracanã e trabalhar em busca do retorno de um setor popular no estádio, como era a geral no passado.

Um dos problemas a serem resolvidos pelo estado, envolve diretamente o Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget