Azul no Flamengo nunca mais

FALANDO DE FLAMENGO: Por Thiago Nascimento

Após seis anos da atual gestão do Flamengo, o saldo futebolístico se resume a conquista de uma edição da Copa do Brasil e duas edições do Campeonato Carioca. Resultado muito aquém das expectativas da gigantesca Nação Rubro Negra. Afinal de contas, em Dezembro/2012, o lema da chapa que prometia a “Revolução Administrativa/Esportiva”, era levar o Flamengo a conquista do mundial de clubes de futebol.

Entretanto… devido a vaidade, a soberba e até mesmo a incompetência de muitos dirigentes, essa meta não foi alcançada.

É preciso que os dirigentes do clube e as respectivas correntes políticas que habitam o clube, entendam uma coisa: o Flamengo não é nada sem a sua torcida.

Eduardo Bandeira na Chapa Azul, do Flamengo - Foto: Alexandre Vidal
Durante esses seis anos, muito se comemorou boleto pago, conquista de prêmios de internet/rede social, contratações de jogadores que pouco retorno técnico balanço financeiro e até mesmo… vitórias em partidas de vídeo game. Porém, quase não se comemorou títulos de verdade. E quando eu digo títulos de verdade, eu me refiro a conquistas relevantes no futebol. Esse tipo de conquista, realmente… os tecnocratas pouco comemoraram.

Diga – se de passagem… até o remo (a razão de ser do clube) é motivo de vergonha. Aliás… até mesmo nesse esporte, o Rubro Negrismo foi enfraquecido.

Enquanto planilhas e balanços financeiros forem a razão de ser do Flamengo, a mediocridade será o companheiro fiel de todos gestores que fizerem parte do corpo diretivo do clube.

Enquanto a História e o Rubro Negrismo derem lugar a “dirigentes mitos”(independentemente das cores), o DNA perdedor tomará o lugar das Glórias e das Conquistas Rubro Negras.

Torço para que não se construam “mitos” na próxima gestão. Afinal de contas, o Flamengo nunca precisou de alguém assim para criar a sua linda História (que se iniciou em 1895).

E novamente, eu afirmo: sem a Nação Rubro Negra, o Flamengo não é absolutamente nada.

Abraços e até a próxima!

Saudações Rubro Negras.

E novamente, eu afirmo: sem a Nação Rubro Negra, o Flamengo não é absolutamente nada.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget