Brasileirão é uma fábrica de péssimos campeões

PERÓN NA ARQUIBANCADA: Pela falta de grandes jogadores e também por culpa dos nossos técnicos, o futebol jogado aqui é bem inferior das principais ligas do planeta e ninguém pode esconder esta realidade. Mas, por outro lado, a gente nunca pode dizer que o time que termina a maratona de 38 jogos não tenha seus méritos e não mereça a conquista do Brasileiro.

Lógico que todos gostariam de acompanhar academias em campo e que em todos os 380 jogos do Brasileiro tivéssemos um espetáculo de primeira categoria. Isso não existe em nenhuma liga do planeta. Há jogos ruins em qualquer campeonato do planeta, mesmo em torneios em que o cenário seja mais bonito, com estádios cheios e belos gramados.

Foto: Divulgação
Mas temos que considerar que em um calendário absurdo como o nosso, com os times entrando em campo a cada três dias e não podendo treinar, decidindo três competições ao mesmo tempo, gramados ruins, perdendo jogadores para a seleção disputar amistosos inúteis e com desmanches do elencos a cada janela de transferência, fica impossível que um time possa jogar mais de 70 partidas no ano em alto nível.

Até as nossas equipes que contam com mais opções no elenco sofrem. Sim, devemos cobrar mais intensidade das nossas equipes, principalmente na marcação da saída de bola do adversário, mas com a maratona de jogos por aqui é impossível, pois os jogadores não têm condições físicas de exercerem isso por mais de 10 ou 15 minutos, pois se arrastarão nos últimos minutos da partida.

Não defendo o futebol bem ruim que vemos por aqui constantemente, com erros primários de posicionamento, um festival de passes errados com a bola ficando muito mais no ar do que rolando no gramado, mas me incomoda como ficou muito comum não ver nenhum mérito em quem ganha o principal torneio do país, como acontece desde 2006.

Infelizmente, seguindo aqueles que adoram dizer que o melhor time do Braisleiro é um que fica entre a 8ª e a 12ª colocação, vamos aos “méritos” apontados aos últimos campeões do Nacional.

2006/07/08 – São Paulo - “Time chato de ver, só sabia se defender e fazer gols em bolas paradas jogando o ‘Muribol’.”

2009 – Flamengo – “Ninguém queria ganhar o torneio, que acabou caindo no colo do Flamengo.”

2010 – Fluminense – “A volta do irritante ‘Muribol’, o time foi campeão de forma burocrática, ganhando várias partidas de forma apertada.”

2011 – Corinthians – “Outro campeão chato de se ver, só vencia por um gol de diferença e não se cansava de empatar partidas.”

2012 – Fluminense – “Com o ‘doping’ financeiro deveria mostrar muito mais futebol.”

2013/14 – Cruzeiro – “Time formado por refugos, com um técnico medíocre e que fazia só gols em cruzamentos.”

2015 – Corinthians – “Um campeão pragmático demais, que até confirmar a conquista da taça se agarrava apenas ao resultado.”

2016 – Palmeiras – “Um time com futebol medíocre, utilizando o ‘Cucabol’ – ou uma correria sem nenhuma organização. Ganhou por não ter adversários.”

2017 – Corinthians – “Ganhou, mas era um time que não gostava da bola. No primeiro turno os melhores times do país ‘desistiram’ do torneio, por isso o Corinthians levou a taça.

O mesmo vai acontecer com o vencedor de 2018. Por exemplo, não faltam críticas para o Palmeiras de Luiz Felipe Scolari, que para alguns nunca venceria um torneio de pontos corridos, pois ele "só" ganhou torneios em "mata-mata"

Precisamos sempre exigir uma qualidade melhor do futebol jogador por aqui, até por eu adorar futebol bem jogado, eu sempre cobro isso.

Gostaria, por exemplo, que cada time tivesse um craque com a camisa 10, mas também não se pode esquecer que o resultado faz parte também do que se chama jogar bem. Um time pode ter sorte de ganhar uma ou outra partida jogando muito mal, mas para fazer uma campanha para chegar ao título ele tem que apresentar muitas coisa boas.

O melhor time, ainda mais em um torneio disputado em turno e returno, é sempre aquela que acha os meios para terminar com mais pontos do que os rivais.

Mais pitacos em: @humbertoperon

2009 – Flamengo – “Ninguém queria ganhar o torneio, que acabou caindo no colo do Flamengo.”

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget