Diego Alves diz que não joga mais no Flamengo

EXTRA GLOBO: Antes de se envolver em um bate boca com o técnico Dorival Júnior, chamar a ele e ao diretor Carlos Noval de mentirosos, por ter tido sua versão da barração negada em reunião com o elenco do Flamengo, o goleiro Diego Alves já havia exibido ainda mais fúria do que a que o levou a colocar o dedo em riste em direção ao rosto do treinador no fatídico encontro. Disse que não jogaria mais com a camisa do Flamengo, que perdeu dinheiro, que se arrependeu de ter vindo para o clube, e que pagaria para sair, pois para ele a questão financeira não era problema. Tudo após perder a posição, segundo relatos de fontes do clube. A assessoria do atleta foi procurada, mas ele só tornará sua versão pública mais adiante.

O clube multou o jogador pelo novo caso de indisciplina e insubordinação. O afastamento do elenco não é recomendado pelo departamento jurídico, uma vez que abriria brecha para um embate na Justiça. Mesmo assim, Diego Alves força a saída. Seu empresário tenta a liberação para o mundo árabe, sem custos, mas a janela está fechada e o Flamengo exige o pagamento da multa de dez milhões de euros. O que torna o ambiente insustentável, porém sem espaço para ações drásticas do Flamengo. No departamento de futebol, o goleiro não tem mais clima após se dizer o dono da posição e menosprezar o sucessor, o jovem César. O goleiro alegou internamente que não pode mais sair na rua, vulnerável diante da torcida com a sua situação no clube, mas a diretoria acredita que o discurso seja orientação de seus advogados que o acompanham.

Diego Alves - Foto: Gilvan de Souza
Na terça-feira, Diego Alves reuniu o elenco e deu nova versão tentando colocar o treinador como o errado da história, e afirmando que não negou viajar como reserva. Dorival soube do encontro sem sua presença, e reuniu a todos no dia seguinte, incluindo o goleiro, no auditório do Ninho do Urubu. Ao ser interpelado e rebatido, Diego Alves pediu para o treinador chamar o diretor Carlos Noval. Antes de Noval chegar, ambos discutiram e bateram boca, com o atleta chamando o técnico de mentiroso. O adjetivo foi usado também para Noval, que confirmou a versão de Dorival sobre a barração do goleiro contra o Paraná. Ele afirmou que entendia que era o dono da posição e que deveria retornar a ela depois da lesão, como aconteceu em situações semelhantes.

Disse que não jogaria mais com a camisa do Flamengo, que perdeu dinheiro, que se arrependeu de ter vindo para o clube e que pagaria para sair.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget