Dorival ganha moral no Flamengo com pênalti defendido por César

GAZETA ESPORTIVA: A grande atuação do goleiro César na vitória de 1 a 0 sobre o Santos na quinta-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), foi determinante para o Flamengo seguir vivo no Campeonato Brasileiro. Além de salvar o time em lances de perigo do Peixe, ele foi fundamental ao agarrar uma cobrança de pênalti do atacante Gabigol, artilheiro da competição com 16 gols até aqui.

Após o jogo Dorival elogiou a atuação de César. “O futebol sempre nos mostra esses lados. Talvez tenhamos um palmo de distância entre herói e vilão na partida. É um garoto que vem crescendo e amadurecendo, criado no Flamengo. Fico muito feliz, pois ele vem evoluindo bastante. Muito dessa vitória de hoje é pela atuação dele”, disse Dorival.

César comemorando pênalti defendido pelo Flamengo - Foto: André Durão
Mas, além do próprio goleiro, que ganhou pontos com a torcida, outra pessoa se beneficiou muito. Trata-se do técnico Dorival Júnior, que também recebeu pontos importantes com a diretoria. Isso por que o treinador barrou Diego Alves, contratado com status de uma das estrelas e com fama justamente de ser pegador de pênaltis.

Diego Alves estava lesionado quando Dorival assumiu o time, porém, após se recuperar e ser comunicado que ficaria no banco, se recusou a viajar com a delegação para Curitiba (PR) para enfrentar o Paraná. O Rubro-Negro goleou por 4 a 0 e ele foi afastado. Em seguida, reuniu o elenco para explicar o caso, o que irritou Dorival e ambos quase chegaram as vias de fato. Depois desse episódio o atleta passou a treinar em horários diferentes do plantel e registrou isso em redes sociais.

A boa atuação do arqueiro foi reconhecida também pela torcida e pelos companheiros de clube. “Temos muito que agradecer ao César, pois o empate praticamente faria a gente deixar a luta pelo título”, disse Léo Duarte.

Nesta sexta-feira o elenco se reapresentou para um trabalho regenerativo e em seguida a delegação viajou para Recife (PE), onde no próximo domingo enfrenta o Sport a partir das 17h(de Brasília), na Ilha do Retiro, em Recife (PE), pela 35ª rodada. Para este jogo o lateral-esquerdo Renê, o volante Willian Arão e o meia Lucas Paquetá, que cumpriram suspensão contra o Peixe, voltam a ficar à disposição. Porém, os laterais Pará e Rodinei e o meia Diego receberam o terceiro cartão amarelo e nem viajaram para Pernambuco.

Isso por que o treinador barrou Diego Alves, contratado com status de uma das estrelas e com fama justamente de ser pegador de pênaltis.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget