Dorival reprova atuação do Flamengo: "Não foi o que esperávamos"

GLOBO ESPORTE: A vitória - 1 a 0 sobre o Sport, gol de Willian Arão, na Ilha do Retiro neste domingo - com um jogador a menos por 35 minutos do segundo tempo - mais o empate do Palmeiras e a derrota do Internacional - fez o Flamengo subir uma posição - é novamente o vice-líder da competição - e sonhar um pouco mais com o título. Em uma rodada, a distância de sete caiu para cinco pontos para os palmeirenses.

O técnico Dorival Junior fez mudanças na equipe na partida. Tirou Léo Duarte da zaga e o improvisou na lateral direita. Escalou Rhodolfo com Réver e deixou Éverton Ribeiro no banco, colocando Geuvânio. Mas o treinador reconheceu que o time não foi bem no início da partida. Sem, no entanto, responsabilizar, Paquetá, Geuvânio e Henrique Dourado - expulso e susbtituídos, respectivamente - pela melhora da equipe na parte final do jogo.

Dorival Júnior, treinador do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
- Não é que Geuvânio, Paquetá e Henrique Dourado vinham mal. A equipe não se apresentou bem. Com isso compromete a maioria individualmente. Não adianta acharmos que as alterações que melhoraram, o início da partida que talvez tenha criado dificuldade maior para esses três jogadores. A grande verdade é que nosso comportamento não foi aquilo que nós queríamos - disse o treinador do Flamengo.

Dorival Junior analisou as mudanças realizadas na segunda etapa - entraram, primeiro, Berrío e Éverton Ribeiro nas vagas de Henrique Dourado e Geuvânio, depois Piris da Motta no lugar de Vitinho. Ele considerou que a expulsão de Paquetá, mais as alterações, fez com que o Flamengo se aproveitasse de um "fato novo" para impulsionar a vitória.

- As alterações foram para reforçarmos um pouco o nosso meio e buscarmos um fato novo, tirando uma referência. Antes da expulsão do Paquetá, ia fazer a mesma mudança para que tivéssemos um homem que flutuasse, por que a marcação estava muito encaixada, dificultando nossas jogadas de criação. A partir do instante que ficamos com um a menos os jogadores se entregaram mais dentro de campo, viram que não tinham outro caminho, que teriam que se reinventar dentro da partida. Foi nova motivação e felizmente conseguimos um grande resultado - festejou Dorival.

Sem, no entanto, responsabilizar, Paquetá, Geuvânio e Henrique Dourado - expulso e susbtituídos, respectivamente - pela melhora da equipe.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget