"Falta de treino não é", diz Rodinei sobre chances perdidas do Fla

LANCE: O treino do Flamengo nesta terça-feira, no Ninho do Urubu, terminou com os jogadores aprimorando as finalizações. Nas últimas rodadas, o time falhou na hora da conclusão e perdeu pontos importantes na disputa pelo título nacional - o Palmeiras abriu seis pontos do Rubro-Negro. Assim, Dorival Júnior procura realizar os ajustes na equipe para a reta final do Campeonato Brasileiro.

Após a atividade, a qual os titulares só participaram da primeira parte em campo, finalizando o trabalho na academia, Rodinei atendeu aos jornalistas e comentou as chances - e pontos - desperdiçados pelo Fla nas últimas rodadas.

- Tudo que fazemos no treinamento, levamos para o jogo. Falta de treinamento não dá para dizer que é. Nestas bolas decisivas, existe uma tensão maior, mas temos treinado, trabalhado muito - afirmou Rodinei, atualmente reserva no Fla.

Foto: Divulgação
Rodinei revelou que lances como os desperdiçados costumam ficar na cabeça do jogador, mas o grupo já conversou com os atacantes e passou a confiança para que os mesmos, nas próximas rodadas, decidam a favor do Flamengo.

- Vitinho é um grande jogador, tem tudo para nos ajudar. Está chateado e fará de tudo para nas próximas partidas caprichar e nos ajudar. Já conversamos com ele, demos força e tenho certeza que vai nos ajudar no próximo jogo.

Se sobrou tensão para Paquetá e Vitinho diante de Palmeiras e São Paulo, respectivamente, Rodinei teve tranquilidade para marcar o gol de empate do Fla no Morumbi, minutos apos ser colocado em campo por Dorival Júnior. O camisa 2 falou sobre o lance, destacando que não foi uma finalização fácil.

- Não foi tão fácil para mim. Dorival me chamou, pediu para entrar ligado, atacar bem no lado com o Geuvânio. Foi uma bola atravessada que pude chegar bem e concluir. Não deixei de trabalhar nunca - avaliou o lateral-direito.

Visando o clássico com o Botafogo no Estádio Nilton Santos, sábado às 19h, o elenco volta a trabalhar no CT Ninho do Urubu nesta quarta-feira, às 15h.

Confira outras respostas do lateral-direito Rodinei:

Como foi a sensação de sair do banco e logo marcar o gol de empate no Morumbi?

Momento em que estou feliz como qualquer outro que entrasse e fizesse o gol ficaria. Estou há um tempo na reserva, mas todos estão à disposição do treinador. É entrar e ajudar o time. Fiquei feliz em ajudar o time a voltar com pelo menos um ponto.

Seis pontos de distância para o líder restando seis rodadas para o fim do Brasileirão. O Flamengo ainda está na briga pelo título?

É complicado, mas não podemos olhar para os pontos que perdemos. Não podíamos, não tivemos. Fazer nossa parte, se ganharmos do Botafogo, o Palmeiras vai ter um jogo difícil e tudo pode acontecer. São seis rodadas, já houveram várias revira-voltas no Brasileirão, e vamos acreditar. Não está tudo acabado.

O time tem falhado na hora da finalizar. É neste aspecto que o foco dos treinamentos deve ter nessa reta final, ainda visando a liderança?

O professor tem vários treinamentos. A gente sabe que pecou nas finalizações, mas temos que trabalhar tudo. Defesa e ataque. Se o Palmeiras conseguir ganhar os jogos deles, vai ser por mérito. Vamos lutar enquanto houve chance.

E passou a confiança para que os mesmos, nas próximas rodadas, decidam a favor do Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget