Flamengo eleva gastos com salários em R$ 21 milhões em 2018

ESPN: O Flamengo divulgou os números financeiros oficiais do 3º trimestre de 2018.

A análise dos dados mostra que, em relação ao mesmo período em 2017, o time carioca viu sua receita diminuir, ao mesmo tempo em que os gastos, principalmente com salários, aumentaram.

O balanço mostra que, em 30/09/2017, o Fla (contanto futebol, clube social e esportes amadores) tinha receita de R$ 509,991 milhões, enquanto agora, em 30/09/2018, o número caiu para R$ 395,155 milhões.

Um decréscimo grande de R$ 114,876 milhões.

Jogadores do Flamengo em treino - Foto: Gilvan de Souza
Levando em conta só o departamento de futebol, a receita variou de R$ 491,092 milhões em 30/09/2017 para R$ 382,906 milhões em 30/09/2018 - diminuição de R$ 108,186 milhões.

Confira detalhadamente:


Isso se deve a um fator principal: a queda brusca no item "Repasse de direitos federativos", que foi de R$ 180,773 milhões em 30/09/2017 para R$ 63,490 milhões em 30/09/2018.

Esse quesito se refere principalmente à venda de jogadores, e no ano passado foi engordado pela negociação do atacante Vinícius Jr com o Real Madrid.

Na queda das receitas, também nota-se decréscimo nos valores arrecadados em bilheteria no estádio: eles foram de R$ 47,313 milhões em 30/09/2017 para R$ 39,882 milhões em 2018.

Por outro lado, o Flamengo ganhou mais com direitos de TV. A arrecadação subiu de R$ 153,453 milhões em 30/09/2017 para R$ 175,4 milhões em 30/09/2018.

SALÁRIOS TAMBÉM AUMENTARAM

Já a folha salarial (que inclui todos os funcionários do clube) em 30/09/2017 era de R$ 154,002 milhões, enquanto agora, em 30/09/2018, é de R$ 175,692 milhões.

Ou seja, praticamente R$ 21 milhões a mais.



Isso foi essencial para o aumento ocorrido nas despesas gerais, que foram de R$ 325,174 milhões em 30/09/2017 para R$ 354,949 milhões em 30/09/2018.

Ainda assim, o clube da Gávea teve superávit no exercício: R$ 28,514 milhões.

Porém, muito menor que o superávit apresentado no 3º trimestre do ano passado, que foi de incríveis R$ 156,222 milhões.

Vale lembrar que os números dos cariocas até o momento não incluem a venda de Lucas Paquetá ao Milan por 35 milhões de euros (R$ 122,28 milhões, na cotação desta segunda-feira), já que eles são entrarão no balanço do 4º trimestre rubro-negro.

O Flamengo tinha receita de R$ 509,991 milhões, enquanto agora, em 30/09/2018, o número caiu para R$ 395,155 milhões.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget