Flamengo: Maurício Mattos de Mattos declara apoio a Landim

O GLOBO: Vice-geral do Flamengo, Maurício Gomes de Mattos declarou apoio e vestiu a camisa roxa do candidato da oposição Rodolfo Landim, da chapa "UniFla", neste sábado, na Gávea. O dirigente foi afastado na última quinta-feira pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello do projeto Embaixadas, acusado de buscar votos para Landim fora do Rio.

Após o acontecimento, Maurício recebeu apoio do candidato da situação, Ricardo Lomba, da chapa rosa "Avança Mais, Flamengo". Na última terça-feira, o vice-geral foi um dos aliados de Landim que votaram contra as restrições impostas pela comissão eleitoral do clube à candidatura de Lomba.

O imbróglio também foi criticado pelo ex-presidente Márcio Braga, que não compareceu à votação no Conselho de Administração, mas deu sua opinião.


- Voto no Landim mas acho completamente absurda a impugnação à candidatura do Lomba. Já disse, parece coisa da política do Vasco - definiu.

O entendimento de Maurício Gomes de Mattos foi de que Lomba devia se entender com a Receita Federal, da qual é funcionário, se quisesse assumir o risco de não acatar a orientação da comissão. Mas mesmo assim não deveria ter restrições na disputa. Procurado, Maurício confirmou que votou neste sentido.

Na reunião, de terça-feira passada, Landim marcou presença e votou contra uma candidatura de Lomba sem restrições, demonstrando a força de seu grupo no Conselho de Administração. Outros nomes de sua chapa, como Luiz Eduardo Baptista, o Bap, Marcos Braz, Wallim Vasconcellos, votaram da mesma forma.

Ex-presidente do Conselho Fiscal de Bandeira, Mario Esteves foi na mesma linha após mudar de lado e apoiar a chapa roxa. Walter D'Agostino, vice-geral de Bandeira no primeiro mandato, foi outro exemplo dos que fizeram coro contra Lomba.

A ex-presidente Patrícia Amorim, que ainda não declarou apoio, votou a favor das restrições de Lomba.

Landim foi procurado para comentar as posições na votação, mas ainda não deu retorno.

Chapa de Lomba deve recorrer

O placar foi de 28 a 23 a favor das ressalvas, que acabaram aprovadas. O grupo de Lomba deve recorrer ao Conselho Deliberativo, antes de avaliar uma ação na Justiça.

As chapas concorrentes e homologadas pelo Conselho de Administração são: Ricardo Lomba (Chapa Rosa - Avança Mais, Flamengo), Rodolfo Landim (Chapa Roxa - Unidos pelo Flamengo), Marcelo Vargas (Chapa Branca - Fla Tradição e Juventue) e José Carlos Peruano (Chapa Amarela - Coração Valente).

A chapa vencedora terá 48 cadeiras no Conselho de Administração (24 suplentes) e 120 no Conselho Deliberativo (40 suplentes). A segunda colocada terá 12 vagas no Conselho de Administração (seis suplentes) e 30 no Conselho Deliberativo (dez suplentes).

A ex-presidente Patrícia Amorim, que ainda não declarou apoio, votou a favor das restrições de Lomba.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget