Médico do Flamengo admite histórico de lesões de Rhodolfo

ESPORTE 24 HORAS: Jorge Abel Costa

Na última rodada, o retorno de Rhodolfo ao time titular foi um importante passo na sua recuperação. Desde que chegou ao Flamengo, o zagueiro sofre com seguidas lesões. Por isso, acaba não conseguindo manter uma sequência no clube. Até o momento, o defensor só disputou 39% de todas as partidas possíveis. Além disso, ainda não conseguiu conquistar o carinho do torcedor. Mas, ainda assim, internamente o jogador conta com todo o apoio dos rubro-negros. Tanto que recentemente, em entrevista, Dorival Júnior revelou que queria dar uma oportunidade ao atleta.

“Temos que acreditar no atleta, dar tempo e sequência, que as coisas acontecem. No Flamengo nós temos material. Mas ainda não estou tendo tempo de dar oportunidade. Rhodolfo é um desses que eu quero aproveitar. Apenas 11 atuam, e dentro desses você tem que tomar as decisões”, comentou o treinador.

Foto: Gilvan de Souza
O lado físico de Rhodolfo pesou muitas vezes nas escolhas dos treinadores. Por isso, o atleta teve dificuldade de ganhar oportunidade no time titular. Fator que o incomodou. Aos 32 anos, o zagueiro conta que ficar fora da equipe te inquieta. Além disso, ressalta que não precisa ser desenvolvido um trabalho especial para ele atingir seu alto nível.

“Ninguém gosta de ficar de fora, seja qual for o motivo, mas estou muito bem fisicamente e totalmente à disposição do professor Dorival. Temos que ter calma para analisar os fatos. Não tenho que pedir (preparação especial), o Flamengo já faz trabalho individualizado com cada atleta. É manter a pegada para estar 100% quando solicitado”, declarou Rhodolfo.

Médico ressalta necessidade de cuidados
Apesar de Rhodolfo acreditar em sua atual condição, Márcio Tannure, Dir. Médico do Flamengo, ressalta que o jogador precisa de cuidados. De acordo com o médico, o zagueiro tem uma fisiologia diferentes de outros atletas. O seu tempo de recuperação necessita ser maior. Além disso, considera que o fato dele da vir da Turquia, onde há menos jogos, possa ser um fator de desequilíbrio.

“O histórico (de lesões de Rhodolfo) é verdadeiro, é um fato. Tentamos preservar ao máximo para não queimar etapa e para que ele possa render o melhor possível. Existem atletas que recuperam com 24h, 48h, 72h, 96h depois de jogos, de uma série de treinamentos. Ele é um atleta que vem demonstrando sentir sobrecarga de treinamento. Talvez porque venha de campeonato turco, onde se jogava menos, por pegar série maior de jogos, treinamentos, um calendário diferente. Talvez fique predisposto (a mais lesões)”, analisou Tannure.

O fato é que essas lesões incomodam a diretoria e o jogador. Por isso, a expectativa é de que ele consiga terminar a temporada ileso. O bom jogo contra o Sport foi um ótimo presságio. Mas, ainda assim, Rhodolfo vai enfrentar dificuldades de ter oportunidades. Apesar de criticado, Réver vem como soberano na zaga rubro-negra. Além disso, Léo Duarte surge como um dos principais nomes do Flamengo na temporada. Portanto, cabe ao defensor entrar na fila e esperar novamente sua chance.

Além disso, considera que o fato dele da vir da Turquia, onde há menos jogos, possa ser um fator de desequilíbrio.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/xresenhacrf} {twitter#https://twitter.com/FlaResenhaNews} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget