Chapas do Fla conversam para acelerar reformulação após eleição

EXTRA GLOBO: Será escolhido, neste sábado, o 57º presidente da história do Flamengo, que sucederá Eduardo Bandeira de Mello pelos próximos três anos, em eleição que acontece na sede da Gávea entre 8h e 21h. São quatro chapas: Ricardo Lomba, chapa rosa, representa a continuidade. Rodolfo Landim, roxa, Marcelo Vargas, branca, e José Carlos Peruano, amarela, são da oposição. As duas primeiras são as favoritas. E há diálogo entre integrantes para acelerar o planejamento.

Membros dos dois grupos deixaram encaminhadas uma série de negociações, tanto com o treinador — Abel Braga é o favorito —, como com possíveis reforços. A expectativa é que os dados sejam trocados após o resultado do pleito. Os dois lados avisaram ao mercado que seria preciso esperar até a primeira semana após a disputa eleitoral, quando se dará uma transição gradual, principalmente no caso da vitória da oposição.

Foto: Divulgação
Nesse processo, o planejamento sobre a reformulação do elenco vai à mesa imediatamente. A atual diretoria deixou pronta uma ideia de "barca", nome dado ao grupo de jogadores que não são vistos como prioridades para o clube na próxima temporada. Além disso, as reuniões de planejamento até aqui indicaram as posições pretendidas para a contratação de reforços.

Dentre os nomes considerados "no mercado", estão o goleiro Diego Alves, os volantes Willian Arão e Rômulo, o zagueiro Rhodolfo, os laterais Pará e Trauco, o meia Matheus Sávio e o atacante Henrique Dourado. Diante das possíveis trocas ou negociações, o Flamengo considera até agora que o elenco precisa se reforçar pontualmente em todos os setores. Um goleiro, um zagueiro, um volante, um meia, um atacante e dois laterais. As listas de dispensa e de reforços serão discutidas com o próximo treinador.

Dentre os jogadores cujos contratos se encerram em 2019 estão o meia Diego e o zagueiro Réver, líderes do atual elenco. Os dois têm a situação indefinida.

Metade dos votantes deve comparecer

A eleição do Flamengo terá uma lista de cerca de oito mil sócios aptos a votarem, mas a expectativa das chapas é que no máximo metade deste número marque presença. É a primeira vez que o pleito acontece no fim de semana.

Entre as precauções tomadas pelo clube, estão a proibição da venda e do consumo de bebidas alcoólicas dentro da sede da Gávea. Haverá um contingente de cem seguranças e o reforço da Polícia Militar nos acessos pelo bairro.

Estão aptos a votar os associados que constem na relação de eleitores da Assembleia Geral e que estejam quites com o clube. É necessário apresentar documento oficial com foto e a carteira social para exercer o voto.

O acesso ao clube durante as eleições será restrito aos associados, e não será permitida a entrada de convidados ou visitantes. A expectativa é que o novo presidente seja anunciado até 23h. Na terça-feira, haverá eleição para o Conselho Deliberativo, com participação das mesmas chapas que disputam eleição para presidente.

Nesse processo, o planejamento sobre a reformulação do elenco vai à mesa imediatamente.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget