Empresário diz que, no Brasil, Diego Alves só joga no Flamengo

EXTRA GLOBO: O futuro do goleiro Diego Alves no Flamengo começa a ser decidido ainda antes da reapresentaçao do elenco, marcada para o dia 3 de janeiro, quinta-feira. O camisa 1, que se desentendeu com o técnico Dorival Júnior e o diretor Carlos Noval e foi praticamente afastado, vai avaliar sua continuidade no clube a partir deste fim de semana.

Segundo o empresário Eduardo Maluf, o desejo de Diego Alves se não for ficar no Flamengo é voltar para a Europa, onde fez carreira. Com vínculo até 2020 no Flamengo, o goleiro descarta defender outro clube no Brasil. A multa em caso de rescisão de contrato seria de dez milhões de euros.

Diego Alves - Foto: Gilvan de Souza
- Ele tem contrato com o Flamengo. Vamos nos reunir no fim de semana para decidir o que fazer. Mas ele não tem interesse em ficar no Brasil se não for no Flamengo. O interesse dele se sair é ir para a Europa, onde ele jogou muitos anos. Depois do que aconteceu no Flamengo ele vai pensar e decidir o que fazer, mas se reapresenta normalmente - afirmou o agente.

Multado em 10% do salário por indisciplina ao não aceitar ser barrado pelo técnico Dorival Júnior, Diego Alves ficou com um ambiente ruim no fim da temporada, com possibilidade de briga judicial com o Flamengo. Com a troca de diretoria e a chegada do técnico Abel Braga, a nova administração pretende conversar com o goleiro e manifestar o desejo por sua permanência.

Segundo o empresário Eduardo Maluf, o desejo de Diego Alves se não for ficar no Flamengo é voltar para a Europa, onde fez carreira.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget